Acidente comprova o risco de dois motoristas na cabine que foi regulamentado pelo Contran

Postado dia 12/5/2015 | Tags:, , , , , , , , | 0 comentário

Um grave acidente foi registrado por volta das 15h30min de ontem, segunda-feira (11), na BR-282 em Ponte Serrada/SC revela as consequências da nova Lei 13.103/15 que permite um motorista dirigir enquanto o outro dorme no pequeno leito que fica atrás do banco do motorista.

Envolveram-se no acidente um caminhão Agrale/9200 TCA placas MDF 4757 de Agrolândia/SC conduzido por Ottovin Prochnow de 63 anos colidiu frontalmente com uma carreta Scania placas MKH 6847 de Chapecó/SC, acoplada ao cavalo mecânico placas ISJ 8057 de Santa Rosa/RS, conduzido por Delenir dos Santos de 44 anos.

A violência do impacto foi tamanha que a caroneira do caminhão, esposa do motorista identificada como Waltraut Prochnow de 60 anos, foi arremessada para fora da cabine. No momento do acidente ela estava deitada sobre o banco/cama do caminhão. A mulher foi encaminhada em estado grave para o Hospital São Francisco de Concórdia.

Esposa do caminhoneiro arremessada para for

O acidente coloca em evidência a contradição da nova lei e também a posição do Contran e Denatran, através do seu Diretor Geral, que aprovaram aregulamentação da Lei 13.103/15, no que tange a possibilidade dos dois motoristas na cabine, sendo que um deles dormindo sem cinto de segurança.

De acordo com o relato do motorista do caminhão, ele perdeu o controle do veículo ao realizar o traçado da curva, vindo a colidir frontalmente com a carreta que fazia sentido contrário. Chovia forte no momento do acidente. O trânsito ficou lento nos dois sentidos da rodovia. A PRF deve de apurar as causas do acidente.

Fonte: Clicoeste e Estradas.com.br

 


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *