Acidente grave envolvendo ônibus irregular e caminhão na BR-153 deixa pelo menos 30 feridos no Tocantins

Postado dia 20/10/2013 | Tags:, , , | 0 comentário

Na manhã de ontem, sábado 19, por volta das 05h30, um acidente envolvendo ônibus e caminhão deixou pelo menos trinta 30 feridos e um morto. O ônibus da empresa Nova Jerusalém placa CBL-7422, Goiânia GO seguia no sentido Norte/Sul e colidiu com o caminhão 1513 Mercedes placa ICW-5224, Cristalândia TO carregado de tijolos que seguia sentido Sul/Norte. Ambos os veículos desceram o aterro às margens da BR-153, há cerca de 500 metros saída Sul da cidade de Pugmil Tocantins.

Segundo o sistema de informações online do Inmetro, o ônibus não estava autorizado pela ANTT-Agência Nacional de Transportes Terrestres para realizar a viagem e seu cronotacógrafo, conforme apuramos no site do Inmetro, nunca foi aferido.

Acidente  de ônibus no Tocantins

O ônibus vinha da cidade de Olho D’Água das Cunhãs MA com destino à São Paulo Capital e era conduzido pelos motoristas Valdiná Cunha da Costa e Marcelo da Silva Melo,  enquanto o caminhão conduzido por Thiago da Luz Oliveira, 27 anos, transportava tijolo da Cerâmica União, de Cristalândia para Palmas TO. A carga do caminhão ficou espalhada na pista da BR-153, dificultando o tráfego de veículos no local. A Polícia Rodoviária Federal que esteve no local providenciou uma pá-mecânica para retirar os destroços da pista. Após o acidente apenas uma pista da rodovia foi liberada e com monitoramento da Polícia Civil e PRF, causando filas em ambos os sentidos.

Várias viaturas da Polícia Militar do 8º BPM estiveram no local, inclusive uma caminhonete da corporação foi utilizada no transporte da bagagem de mão das vítimas que foram encaminhadas para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins. Foi utilizado um ônibus escolar da cidade de Pugmil para o transporte dos demais passageiros. O motorista do caminhão com ferimentos no rosto foi levado para o hospital por um dos proprietários da empresa ceramista que chegou ao local após ser informado do acidente.

Para o resgate das vítimas, quatro ambulâncias do SAMU de Palmas TO, uma de Paraíso do Tocantins, três viaturas do Corpo de Bombeiros de Paraíso, e ambulâncias disponíveis da cidade, além das de Nova Rosalândia e Pugmil.

A Polícia Técnica Científica esteve no local para o trabalho pericial e as possíveis causas do acidente.

Este acidente movimentou um dos maiores aparatos de resgate de vítimas na BR-153, com envolvimento da PRF, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SAMU, Ambulâncias do Estado e dos Municípios e profissionais médicos. Na porta do Hospital Regional de Paraíso houve um pequeno congestionamentos.


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *