Colinas apoia campanha de prevenção à cegueira

Postado dia 20/4/2018 | Tags:, , , , , , , , , , , , | 0 comentário

20Em parceria com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), a Colinas está apoiando a campanha Abril Marrom, iniciativa de governos, entidades médicas, centro hospitalares e especialistas para ajudar a difundir informações e a importância da prevenção de doenças oculares que podem provocar a perda da visão.

Para chamar a atenção dos usuários das rodovias para o tema, os painéis eletrônicos existentes no trecho sob concessão estão exibindo a mensagem “Abril Marrom – Mês de prevenção à cegueira”.

Por que marrom?

O marrom foi escolhido por ser a cor da íris da maioria dos brasileiros. Ela é a responsável por controlar a quantidade de luz que entra em nossos olhos. Criada em 2016, a campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre cuidados importantes para a manutenção da saúde ocular.

Prevenção

Segundo estimativas do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), existem cerca de 1,2 milhões de brasileiros cegos. As principais causas para a perda da visão são a catarata, o glaucoma e a degeneração macular relacionada à idade, doenças que podem ser tratadas ou estabilizadas com o diagnóstico precoce.

A principal forma de prevenção são os exames periódicos, mesmo quando não há apresentação de sintomas, bem como a detecção precoce, quando os sinais começam a aparecer. A partir daí é possível evitar ou corrigir as doenças oculares e evitar a cegueira. Cuidados simples podem ser tomados no dia a dia, já que o ambiente pode influenciar diretamente nas doenças da visão.

Portanto, procure sempre usar óculos de sol e boné e nunca olhe diretamente para o sol, já que pode causar catarata.

Entre 18 e 40 anos, a avaliação oftalmológica é recomendada a cada dois anos. Uso do computador, raios ultravioleta, automedicação, entre outros, podem desencadear problemas de visão. Depois dos 40 anos, os exames oftalmológicos anuais são obrigatórios. Isso porque essa fase é marcada pelo aparecimento da presbiopia (vista cansada), que consiste numa alteração no cristalino e no músculo ciliar e impede o indivíduo de enxergar de perto.

Além desse, problemas como a catarata, o glaucoma e a degeneração macular (embaçamento da visão central) são mais suscetíveis.

Fonte: ASCOM


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *