Desde as 0h deste sábado, os motoristas que passam pelas praças de pedágios em rodovias que cortam o Paraná já sentem no bolso o reajuste de 4,69% liberado pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do Estado e aplicado pelas concessionárias.

O DER defende que a porcentagem de elevação ficou abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mesma avaliação da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). “Nosso índice é composto por uma série de indicadores econômicos setoriais, o que explica um reajuste menor que a inflação nas tarifas de pedágio”, pontua o diretor regional da entidade João Chiminazzo Neto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui