Construtora Deltasob suspeita toca obras nas estradas em Alagoas

    A Delta Construções, citada no escândalo envolvendo o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, consta como tendo realizado obras no valor total de R$ 69,4 milhões, em rodovias federais e estaduais em Alagoas, desde o ano de 2007. De acordo com a ONG Contas Abertas, Alagoas é um dos 17 Estados em que foram identificadas irregularidades em contratos da construtora com o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit).

    O levantamento foi realizado pela Controladoria-Geral da União (CGU) entre os anos de 2007 e 2010. Os 60 contratos em que foram identificadas irregularidades somam R$ 632,3 milhões e, pelo total de obras de recuperação, conservação e restauração, e com a operação tapa-buracos, em 31 rodovias do País, a construtora recebeu, nesse período, R$ 2,1 bilhões do Ministério dos Transportes.

    Entre as irregularidades citadas no levantamento da CGU, estão serviços realizados em duplicidade, superfaturamento, pagamento por serviços não executados, obra com baixa qualidade e executada em desacordo com as especificações e problemas com medição.

    Foi a constatação apontada, por exemplo, nas obras de recuperação dos 248,4 km da rodovia BR-101, em Alagoas.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here