DAER desmente sobre pedágio na ERS-734

Postado dia 24/12/2010 | | 0 comentário

O DAER esclarece que não existe nenhum pedido de projeto ou previsão de construção de praça de pedágio no trecho entre Senandes e Cassino, na ERS-734, diferentemente das informações veiculadas na Região Sul do Estado em panfleto divulgado por repórter e fonte desconhecidos. Da mesma forma, o DAER reitera que as obras de duplicação seguem em andamento, inclusive em ritmo mais intenso.

A duplicação da ERS-734, com 10,68 km, foi retomada em agosto de 2009 pela construtora Pelotense Ltda. A obra está em andamento com 4 km duplicados e 5,5 km de pista nova (ao lado da pista existente que será restaurada na sequência), e em execução 800 metros base, 200 metros de terraplenagem e 600 metros de limpeza e vala de drenagem entre os quilômetros 1,2 e km 1,9. O próximo serviço a ser executado é a terraplenagem do quilômetro 7,8 até o Country Club. Neste trecho, está em andamento o recuo das cercas das propriedades lindeiras à rodovia.

O DAER destaca ainda que recentemente, em julho, foi desapropriada a área de 650 metros localizada entre as ruas Luis Pernigotti e Ana Pernigotti, no bairro do Bolaxa, em Cassino, após várias ações judiciais pendentes que foram objeto do acordo. Com a desapropriação, teve início imediato as obras naquele trecho. Outras três áreas também foram desapropriadas no quilômetro 7,9, próximo à Estação de Tratamento de Água da Corsan, para execução da rótula de acesso ao Distrito Industrial. Além disso, a Corsan já removeu as adutoras antigas para implantação de uma nova, liberando com isso qualquer interferência e abrindo ainda mais frentes de trabalho entre a Estação de Tratamento de Água até o Country Club.

O projeto do viaduto sobre a Rede Ferroviária deverá ser readequado, conforme solicitação da ALL (América Latina Logística), concessionária da Rede Ferroviária, que exigiu um novo gabarito de passagem de trem. As readequações para a construção da Ponte do Bolaxa já foram feitas e o DAER está aguardando licença ambiental específica para aquele trecho.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *