Entidades organizadas de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, fizeram uma manifestação na manhã deste sábado (18) e impediram a passagem de veículos nas cabines manuais da praça de pedágio da concessionária Rota do Oeste, no km 664 da BR-163. Os manifestantes cobram melhorias na rodovia.

Em nota, a concessionária afirmou que tem interesse em retornar as obra de duplicação da BR-163, mas que aguarda o governo federal solucionar os contratos de concessões federais de 2014. A empresa ressaltou que cumpre as demais obrigações contratuais, com a manutenção, conservação e cerca de 350 atendimentos diários a usuários das mais variadas naturezas.

O protesto na praça de pedágio contou com cerca de 30 veículos para impedir a passagem nas cancelas e durou cerca de duas horas. A passagem ficou bloqueada nos dois sentidos e pneus chegaram a ser queimados. No local, o fluxo foi mantido apenas nas pistas de pagamento automático.

Os manifestantes cobram melhorias na rodovia, como a duplicação da pista, construção de passarelas nas travessias urbanas e construção de acostamento. Essa foi a segunda manifestação realizada no local para cobrar agilidade na realização de obras da BR-163. O primeiro ato ocorreu no dia 24 de fevereiro. Neste momento, o tráfego segue normal naquele trecho.

Fonte: Folha MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui