A Ford está sendo processada nos Estados Unidos por colocar à venda veículos com um defeito no tanque de combustível, mesmo tendo conhecimento do problema. A informação é da agência Reuters.

Modelos das séries E e F da montadora, produzidos entre 1999 e 2008, podem sofrer com o desprendimento de lascas do revestimento do tanque de combustível. Com isso, os detritos chegam ao motor, podendo causar perda de potência e, até mesmo, pane.

De acordo com a matéria da Reuters, a Ford tinha ciência do problema e, por isso, enviou um aviso confidencial às concessionárias dos em 2007, informando sobre a situação. Nenhuma ação de recall, no entanto, foi providenciada. Marcey Evans Zwiebel, porta-voz da montadora, preferiu não comentar o assunto no momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui