Governo quer pedágio por km rodado em SP

Postado dia 4/4/2011 | | 0 comentário

O governo estadual quer mudar o sistema de cobrança de pedágios nas estradas paulistas. Para isso, vai exigir das concessionárias que modernizem o sistema automático de pagamento de pedágios para permitir a cobrança por km rodado, por faixa de horário ou pelo peso do veículo.

A iniciativa está em uma resolução assinada na semana passada pelo secretário de Estado de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho. Ela criou uma comissão para definir, em 90 dias, os formatos das tecnologias. Segundo a resolução, a mudança visa “garantir aos usuários o menor custo de utilização possível” e “reduzir os custos de operação e manutenção das concessionárias”. Ao mesmo tempo, o Estado também terá melhor controle sobre o sistema.

Atualmente existe apenas o serviço Sem Parar, mas que possui aplicação limitada por somente permitir ao usuário não parar na cabine e não portar dinheiro.

Para que a cobrança por trecho percorrido seja possível, será necessário implantar dispositivos como chips em veículos, pontos de leitura do cartão em trechos da rodovia ou controle de entrada e saída.

Segundo matéria da Folha de S.Paulo, as novas concessões de rodovias já não terão cabines de pedágio, e as atuais devem acabar.

Casos internacionais

Em outros países, há exemplos de sistemas de cobrança similares. No Chile, há pórticos ao longo da via que reconhecem o chip do veículo e mapeiam o seu trajeto. Na França, um sistema controla a entrada e a saída do motorista.

Por meio de nota, a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias informou ser “compreensível que, após 11 anos, o governo queira atualizar o sistema, levando em consideração avanços tecnológicos”.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *