Ministros assinam parceria para implantação e construção de unidades operacionais da PRF/GO

Postado dia 19/10/2018 | Tags:, , , , , , , , , , , , , , , | 0 comentário

Os Ministros dos Transportes – Valter Casimiro – e da Segurança Pública, Raul Jungmann, assinaram, no último dia 18, na Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Goiás (DNIT), protocolo de parceria para obras de implantação e construção de seis novas unidades operacionais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado. O ato contou com a presença dos diretores-gerais da PRF, Renato Borges Dias, do DNIT, José da Silva Tiago, do Secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior, do superintendente da PRF em Goiás, Álvaro de Resende Filho, superintendente interino do DNIT, Cláudio Macedo, da Polícia Federal, Infraero, deputados, prefeitos e dezenas de autoridades.

As seis novas UOPs serão construídas municípios de Barro Alto, Cachoeira Alta, Jussara, Mineiros, Porangatu e Uruaçu. O DNIT arcará com as obras de duplicação e implantação rodoviária para construção da unidade no canteiro central, enquanto a PRF contratará a construção da UOP em si. O investimento do DNIT nesta etapa está na casa dos R$18 milhões, enquanto que o investimento da PRF deve alcançar os R$15 milhões.

As novas construções compõem a primeira fase da readequação da circunscrição das UOPs da regional, e vão impactar tanto a segurança viária quanto a segurança pública. No aspecto do trânsito, a intenção dos novos postos é reduzir significativamente o tempo de resposta ao atendimento de ocorrências, em função de um melhor posicionamento. O superintendente regional da PRF em Goiás salienta que para a nova localização foi feito um grande estudo técnico, levando em conta tamanho do trecho fiscalizado por cada unidade, quantidade de acidentes, estrutura de suporte legal etc. As novas unidades também reforçarão o cinturão de segurança no estado, cobrindo rotas de criminalidade. Uma segunda fase do projeto está prevista, com a construção de duas novas UOPs e duas sedes de delegacias.

O Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann elogiou o sucesso dos números operacionais da PRF em Goiás, que caminha para alcançar, com dois anos de antecedência, a meta da Década pela Redução 50% de mortos no trânsito. Até o ano passado, a mortalidade em rodovias federais em Goiás caiu 40,1% e, mantida a projeção atual, a meta deve ser alcançada ainda em 2018. O ministro também afirmou que, até o fim do primeiro semestre de 2019, 500 novos PRFs deverão ingressar na instituição, mas que luta por aumento neste número.

O superintendente da PRF em Goiás, inspetor Álvaro Resende Filho, ressaltou o modelo de trabalho do órgão, baseado no tripé integração, inteligência e infraestrutura. Em relação aos novos postos, ele salientou a criação de um cinturão de segurança, a otimização do tempo de resposta a ocorrências e adaptação à nova realidade viária.

Já o Diretor Geral da PRF, inspetor Renato Borges Dias chamou atenção para o fortalecimento orçamentário que o Ministério da Segurança Pública realizou em pouco tempo, permitindo que PRF realize 20 anos em dois, no aspecto infraestrutura: 180 milhões de reais em 2018 e mais de R$300 milhões em 2019, com obras em 57 UOPS, 19 sedes de delegacias e 12 sedes regionais, além do Canil Central em Brasília, da Escola Superior da PRF e o Laboratório Integrado da Segurança Pública. Os investimentos também alcançam 650 viaturas, aeronaves, blindados e armamentos, como por exemplo as 12 mil pistolas Glock 9mm, cuja distribuição deve acontecer em breve, e sistemas de vigilância como o Alerta Brasil e SPIA.

O Ministro dos Transportes, Valter Casimiro também destacou a necessidade de integração entre PRF e DNIT, com a construção de postos de fiscalização integrada “e no apoio à pesagem de veículos que danificam sobremaneira os nossos pavimentos quando vem com sobrepeso”.

Nova Superintendência e viaturas

O Ministro da Segurança Pública e o Diretor Geral da PRF também entregaram, no evento, mais um lote de novas viaturas operacionais à regional de Goiás. No total, em 2018 são 36 veículos, sendo dois automóveis tipo sedan, 26 camionetas fechadas e oito caminhonetes de carroceria aberta. O investimento total supera os R$5,3 milhões.

Outra reivindicação antiga da PRF em Goiás, também foi anunciada: a cessão do terreno para a nova sede administrativa da PRF, na BR-153, em frente à AGETOP, ao lado ao Aeroporto Santa Genoveva. São 35 mil metros quadrados de terreno, onde serão construídos prédios administrativos, auditório, refeitório, salas para treinamento, estande de tiro e espaço para atividades esportivas.

Também a área da PRF localizada no Jardim Guanabara recebeu neste ano um reforço importante, com a reforma de dois blocos, onde funcionam a Delegacia de Goiânia e o Núcleo de Operações Especiais, e a construção e início de operações do Canil. Esses investimentos ultrapassam os R$ 4 milhões.

Fonte: www.prf.gov.br/agencia



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *