Morreu nesta terça-feira em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, a quinta vítima do grave acidente ocorrido no último dia 3 com um ônibus da empresa Turis Prata, de Nova Prata. Marlova Dartora, 32 anos, de Veranópolis, faleceu por volta das 7h40min no Hospital da Cidade (HC).

O acidente ocorreu no início da manhã daquele domingo, no Km 3 da ERS 135, quando o ônibus caiu num ribanceira de cerca de 30 metros de altura. Quatro dos 38 ocupantes do coletivo, que voltava do Paraguai, morreram na hora. Os demais passageiros saíram feridos e foram atendidos nos hospitais de Passo Fundo.

Três vítimas permanecem internadas no HC, uma delas – Iara Sanches Machado, 66 anos, de Veranópolis – em estado grave. Sete pessoas seguem internadas no hospital São Vicente de Paulo (HSVP). Duas – Kátia Farina, 39 anos, de Veranópolis, e Sidnei Mioranza, 50 anos, de Flores da Cunha – estão no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) em estado grave.

O inquérito que apura as circunstâncias em que ocorreu o acidente está em andamento na Delegacia de Trânsito. A delegada Rafaela Bier disse que o ônibus trafegava em velocidade acima do permitido para aquele trecho da rodovia, que é de 60 km/h.

Ela afirma que espera pelo laudo da perícia feita no tacógrafo – aparelho de registra a velocidade – pelo Instituto Geral de Perícia (IGP) para saber qual a velocidade exata que o coletivo trafegava  mas as informações extra-oificias revelam que o tacógrafo registrou 80km/h. O veículo também foi periciado para apurar se houve algum problema mecânico.

Ainda não há previsão de envio do laudo do IGP para a Delegacia de Trânsito. Dependendo do resultado, o motorista poderá ser indiciado por lesões corporais e homicídio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui