Motorista envolvido em acidente de ônibus que matou 33 continua foragido

Postado dia 5/12/2011 | | 0 comentário

O motorista Márcio Clênio Machado foi apontado ontem pela Polícia Civil como o responsável pelo acidente que provocou a morte de 33 trabalhadores rurais, na madrugada de sábado, na BR-116, entre Milagres e Brejões. Márcio conduzia a carreta que bateu de frente com o ônibus que transportava os trabalhadores de Mato Grosso do Sul para Pernambuco.

Segundo a delegada Maria do Socorro Damásio, titular da delegacia de Jaguaquara, que apura o caso, ele será indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar). “A partir do momento que ele fez a ultrapassagem sem segurança assumiu a responsabilidade pela consequência da imprudência”, destacou a delegada, que deve ouvir o motorista hoje. “Ele está foragido desde o momento do acidente.

Tínhamos a informação que ele estava entre os feridos, mas isso não se confirmou”, ressaltou a delegada. Hoje deve ser ouvido o motorista do caminhão, Rodrigo Mendonça Almeida, que também foi atingido pela carreta. Ele está entre os 13 feridos que foram internados no Hospital Prado Valadares, em Jequié.

Ontem, 14 corpos de vítimas foram levados para Pernambuco em avião da Força Aérea Brasileira. Eles devem ser enterrados hoje, nas cidades pernambucanas de Buíque e Pedrão. Mas o número de mortos pode subir para 34. “O trabalhador José Claudio Cavalcante da Silva está com morte cerebral confirmada pelo hospital. Amanhã (hoje), ele será submetido a exames para identificar a evolução do óbito”.

Até ontem, o Departamento de Polícia Técnica havia confirmado a identificação de 25 mortos, sendo oito da mesma família. A maioria dos corpos foi identificada pela comparação das impressões digitais.

Na manhã de ontem, o trabalhador rural Valdisom Monteiro dos Santos, que estava internado em Jequié, foi transferido para Recife em aeronave UTI do governo de Pernambuco sob supervisão do secretário executivo de Defesa Social do estado, Alexandre Carvalho, e do secretário de Saúde pernambucano, Antônio Carlos Figueira. Eles vieram à Bahia para acompanhar o translado dos corpos e auxiliar as famílias das vítimas. Figueira informou que outros cinco pacientes devem ser levados para Pernambuco ainda hoje.

Acidente
A colisão aconteceu por volta da 1h no km 583 da BR-116, nas proximidades do município de Milagres, a 232 km de Salvador. O ônibus e o caminhão-baú dirigiam lado a lado quando a carreta invadiu uma pista dupla e colidiu de frente com o ônibus, que em seguida se chocou contra o caminhão antes de despencar de uma ribanceira na rodovia.

De acordo com a PRF, 31 pessoas morreram no local do acidente, e pelo menos 15 ficaram gravemente feridas e foram encaminhadas para o hopital em Jequié, onde duas dessas vítimas não resistiram aos ferimentos.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *