MP investiga sistema de liberação do pedágio da Ponte Rio-Niterói

Postado dia 6/4/2013 | | 0 comentário

O Ministério Público instaurou um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar irregularidades praticadas pela CCR Ponte em relação à migração do sistema Onda Livre para o Sem Parar/Via Fácil, feitos para permitir a passagem sem pedágio na Ponte Rio-Niterói através de pagamento mensal.

De acordo com a portaria expedida pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e do Contribuinte de Niterói e Maricá, na Região Metropolitana, o MPRJ vem recebendo diversas queixas dos usuários da ponte que acessam a faixa sem pedágio, devido à falta de informações sobre a mudança do sistema pago mensalmente.

Ainda segundo a portaria, os usuários estão sendo parados, submetidos a constrangimentos, e são obrigados a pagar o pedágio no momento da parada. Há relatos de que os consumidores estariam também sendo multados por evasão de pedágio, quando o motorista não paga a taxa.
O Promotor de Justiça Augusto Vianna Lopes, responsável pelo procedimento, solicita que outros consumidores com o mesmo problema entrem em contato com o MPRJ para que sejam tomadas as medidas cabíveis.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *