Concessões devem ser prioridades , defende ministro

ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, apresentou hoje (13) o funcionamento e a estrutura o ministério à equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Acompanhado dos secretários da pasta, Cassimiro disse que os processos de concessão são a prioridade do governo atual na área e que merecem a atenção do novo governo.

“Com toda essa restrição orçamentaria e financeira que passa o governo é preciso que a gente incentive o processo de concessão para ter maiores investimentos e amplie a malha de infraestrutura”, disse ao deixar o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Casimiro esteve reunido durante toda a manhã com a equipe liderada pelo general da reserva Oswaldo Ferreira, que coordena a área de infraestrutura do governo de transição. De acordo com o ministro, foi a primeira conversa para mostrar os programas em andamento do ministério e das empresas vinculadas, como Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Infraero e Secretaria de Portos.

Após essa primeira apresentação, a equipe de transição deve agendar reuniões específicas para tratar das prioridades do novo governo. Casimiro destacou, por exemplo, que as prorrogações de concessões devem merecer atenção especial, como da BR-040, que depende de decreto de relicitação. Os processos de concessão das BR-163 e BR-364 também deverão ser detalhadas nas próximas reuniões, já que são corredores que essenciais para o agronegócio, no escoamento da produção para os portos do norte do país.

“O processo democrático exige isso, um processo de transparência. O governo atual defende a posição de que o que estava fazendo, estava fazendo da forma correta para poder fomentar a infraestrutura”, disse Casimiro. O atual ministro é servidor de carreira do Dnit e deve voltar ao órgão após o fim do governo de Michel Temer.

Fonte: http://painelpolitico.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui