Obras de conservação melhoram escoamento de grãos e carnes no Sudoeste do Paraná

Postado dia 29/9/2016 | Tags:, , , | 0 comentário

Os serviços de melhorias e recuperação da PR-592, entre o município de Nova Prata do Iguaçu e a Usina de Salto Caxias, no Sudoeste do Paraná, seguem em ritmo acelerado. Dos 27,2 quilômetros previstos no projeto, mais da metade das obras iniciadas no mês de julho já foram executadas pelas equipes contratadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O Governo do Paraná está investindo R$ 7,2 milhões nas obras, e a previsão é que todo o trecho seja revitalizado até o fim do ano.

A rodovia é uma das principais rotas de ligação entre o Sudoeste e o Oeste do Paraná, cerca de 2 mil veículos passam todos os dias pelo local, bastante utilizado por caminhões que fazem o escoamento de grãos e carnes produzidos nas cooperativas da região.

Caminhoneiro há 10 anos, Ivan Rosim acredita que as obras de conservação na rodovia representam um enorme custo-benefício para quem passa pelo local diariamente.

“Passo semanalmente por esse trecho e tenho acompanhado as obras, que são importantes pois facilitam o deslocamento e trazem mais segurança para o motorista e para a população”, disse Ivan. “Além disso, as melhorias na rodovia contribuem para reduzir os custos de manutenção do veículo, como combustível e pneus”, destaca.

Para os agricultores, o grande benefício dos investimentos nas rodovias é a acessibilidade aos produtos da região. “Antigamente essa região possuía muitas estradas de chão que eram mal conservadas. O acesso para cidades como Cascavel e Capitão Leônidas Marques era complicado e por isso não tínhamos muitos compradores. Hoje está bem melhor para vender, o asfalto daqui está bem conversado e facilita o acesso”, afirma Vilma Pez, agricultor e criador de gados.

INVESTIMENTOS – Nos últimos meses o Governo do Paraná investiu mais de R$ 12 milhões na conservação e melhoria de importantes rodovias do Sudoeste do Paraná. Além das obras na PR-592, o DER concluiu recentemente serviços de reparos e melhorias em 18,7 quilômetros da PR-471, no trecho entre o município de Nova Prata do Iguaçu e Salto de Lontra. A estimativa é que mais de 35 mil moradores de toda a região sejam beneficiados após o término de todas as obras.


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *