Professora morre após ter cabeça esmagada em acidente no Piauí

    Gabriela se deslocava para o trabalho no momento do acidente

    A professora de biologia do Instituto Monsenhor Hipólito (IMH), Gabriela Cortez Cavalcante, morreu após ter sua cabeça esmagada por um caminhão logo após ser vítima de outro acidente, no final da tarde de quinta-feira (8), em Picos.

    A jovem professora tinha saído de sua residência, localizada no Loteamento Bernardes, Bairro Umari, com destino ao IMH, onde estava previsto para dá aula a partir das 16h40.

    Próximo ao SAMU, já no Bairro Ipueiras, a jovem foi colhida violentamente por outro motoqueiro que vinha no sentido contrário. Ao cair, Gabriela Cavalcante teve sua cabeça esmagada por um caminhão que passava no momento do acidente.

    O condutor da outra motocicleta foi encaminhado para o Hospital Regional Justino Luz apenas com escoriações pelo corpo. O caminhão envolvido seguiu viagem. Gabriela Cavalcante lecionava há cinco anos no IMH e era recém-casada com o jovem Adriano, também funcionário do IMH.

    Motociclista envolvido em acidente estava embriagado

    O teste do bafômetro realizado pela Polícia Rodoviária Federal mostrou que o homem que conduzia a motocicleta envolvida no acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira (8), por volta da 16h30, em frente ao SAMU, no bairro Ipueiras, em Picos, estava embriagado.

    O teste mostrou que o motociclista estava com 0,83 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, quando o limite é de 0,33 miligramas. A Polícia Militar prendeu o homem pouco tempo depois do acidente, ainda no Hospital Justino Luz, para onde havia sido levado com escoriações pelo corpo. Ele foi conduzido à Central de Flagrantes para a realização dos procedimentos.

    O nome dele não foi divulgado pela polícia, mas o portal Cidades na Net conseguiu uma foto exclusiva do mesmo no momento em que ele era retirado da viatura.

    A motocicleta conduzida por ele era uma Honda NXR 150 Bros, de cor vermelha e placa ORR-0157, de Santana do Piauí. Segundo informações de populares, ele teria colidido na motocicleta em que estava a professora Gabriela Cortez Cavalcante, de 30 anos. Com o choque, ambos caíram. Ela, no entanto, teve a cabeça esmagada por um caminhão que passava pelo local.

    Fonte: www.meionorte.com

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here