Ocorrência mais grave foi registrada em Ibirubá, onde cinco pessoas da mesma família morreram

Entre a sexta-feira (11) e o domingo (13), 10 pessoas morreram em acidentes de trânsito no Rio Grande do Sul, conforme levantamento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O caso mais grave aconteceu no sábado (12), quando cinco pessoas da mesma família morreram na RS-223, em Ibirubá, no noroeste do Estado. As vítimas estavam em um Ford Focus, com placas de Passo Fundo, que trafegava no sentido Cruz Alta/ Ibirubá. O veículo colidiu com um caminhão que transitava no sentido contrário, próximo ao km 77 da rodovia.

Todos os ocupantes do automóvel morreram no local. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos graves, mas foi encaminhado em estado de choque ao hospital do município. As vítimas foram identificadas como os irmãos Angelo Airton Alves Correa, 51 anos, e Dirceu Alves Corrêa, 58 anos, e suas esposas, que também eram irmãs, Regina Aparecida de Lima, 51 anos, e Isaltina Rosa de Lima, 52 anos. Mateus de Lima Caciamani, de nove anos de idade, neto de Dirceu e Isaltina, também morreu. Os casais estavam retornando de Alegrete, onde participaram de uma solenidade do Exército Brasileiro, que entregava a Boina Preta ao familiar Alexander Caciamani.

No início do fim de semana, na sexta-feira (11), um homem de 43 anos morreu em acidente na RS-453, em Farroupilha, na Serra. O Fiesta que ele conduzia colidiu em um ônibus da empresa Ozelame, no km 117 da rodovia. Conforme o Grupo Rodoviário de Farroupilha, a  colisão foi no sentido Garibaldi/Farroupilha, por volta das 23h15min.  A vítima estava sozinha no veículo. Funcionários da empresa de transporte coletivo e passageiros não ficaram feridos.

O sábado (12) foi marcado pela violência nas rodovias.  Além da colisão que vitimou cinco pessoas da mesma família, outros quatro acidentes tiveram vítimas fatais. Em Três Coroas, no Vale do Paranhana, um motorista morreu após o Fusca em que estava cair de uma ponte sobre o Rio Paranhana. O acidente aconteceu por volta das 20h30min na Rua Carlos Barbosa. A vítima foi identificada como Valdenir da Rosa Lima, 59 anos.

Em Erechim, a Polícia Rodoviária Federal(PRF) atendeu um acidente envolvendo uma motocicleta no km 72 da BR-480. Os agentes relataram que o condutor transitava em direção a Barão de Cotegipe quando invadiu a pista contrária e colidiu com um Vectra, por volta das 10h. O condutor da moto tentou frear, mas derrapou e caiu, batendo com a cabeça no para-choque do automóvel. O motociclista, de 28 anos, chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital. Por não ter morrido no local do acidente, a PRF não considerou este acidente nas estatísticas de mortes no trânsito.

Os demais acidentes com mortes no sábado ocorreram na RS-118, em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana, envolvendo um motociclista, e em Coronel Bicaco, no Noroeste, onde uma pessoa foi atropelada.

No domingo (13), um ônibus com torcedores que voltavam do Gre-Nal, em Porto Alegre, com destino a Cunha Porã (SC), se acidentou na BR-386, em Iraí, no norte do Estado. O motorista Doraci Luiz Cella, de 57 anos, ficou preso nas ferragens e morreu no local. Outras 12 pessoas ficaram feridas. Os sobreviventes receberam atendimento no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, no município, e foram liberados.

Fonte: Gauchazh

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui