Três morrem em acidentes

Postado dia 13/12/2001 | | 0 comentário

Menina atropelada era levada para hospital quando ocorreu nova colisão

Três pessoas morreram em acidentes, ontem, nas rodovias de Santa Catarina. Duas delas foram vítimas de atropelamentos. Os acidentes ocorreram em Araquari, Garuva e Araranguá.
Em Araranguá, no Sul do Estado, morreu Mariele Teixeira Bitencourt, seis anos. Ela estava em companhia do pai Wilson Anastácio Bitencourt, na estrada geral de Sanga da Areia, quando foi atropelada por um caminhão de Ermo, conduzido por Luís dos Santos. O veículo que levava a menina ferida para o Hospital Regional de Araranguá colidiu contra uma árvore e Mariele morreu.
Às 9h30min, na BR-280, perímetro urbano de Araquari, Rosangela Alves Weinfurber, oito anos, ia fazer compras para a mãe, próximo de casa, do outro lado da rodovia. Ao atravessar, foi atropelada pela caminhonete Ranger, de Curitiba (PR), conduzida pelo militar Ildefonso Ostroski.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a menina cruzou uma das pistas e ao avistar um caminhão retornou, quando foi colhida pela Ranger. O motorista freou, mas não conseguiu evitar o atropelamento. Às 15h, na BR-101, perto do Posto de Fiscalização de Garuva, Clóvis Renato Justo, 53 anos, que dirigia um Mercedes-Benz de Cachoeirinha (RS), bateu atrás de outro caminhão parado. Outros dois caminhões que estavam na fila ficaram engavetados. Clóvis morreu na hora.
O trânsito no sentido Norte-Sul ficou engarrafado. Equipes do Corpo de Bombeiros, da PRF e da Defesa Civil ajudaram no resgate e limpeza da pista.
Conforme o pintor Rubens Metzner, 48, que mora às margens da BR-101, os motoristas não reduzem a velocidade quando se aproximam do posto de Garuva. Ele contou que antes de bater no caminhão parado, a vítima ainda tentou desviar do veículo.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *