Um acidente envolvendo dois ônibus deixou dez mortos e 80 feridos na BR-116, perto de Muriaé, na Zona da Mata. A batida frontal aconteceu na madrugada de sábado. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus da Viação 1001 saiu do Rio de Janeiro com destino a Timóteo. Numa curva na altura do km 699, na saída para Governador Valadares, o coletivo foi atingido por outro ônibus da empresa Nordeste Mineiro Turismo, que fazia a linha Carlos Chagas (MG) a Aparecida do Norte (SP).

Os motoristas dos dois coletivos e mais seis passageiros morreram no local e outros dois a caminho do hospital. Dos demais ocupantes dos veículos, 76 foram internados no Hospital São Paulo e quatro na Casa de Saúde Santa Lúcia, em Muriaé. Um homem não identificado morreu no Hospital São Paulo e outro na área do acidente. Um bebê de 1 ano e 8 meses morreu na Casa de Saúde.
Pelos primeiros levantamentos da PRF, o motorista da Nordeste Benedito Gregório, 60 anos, teria cochilado no volante, perdendo a direção e colidindo de frente com o carro da 1001, não sendo possível para o condutor Josias Baía Gonçalves, 41, evitar o acidente.
Vítimas identificadas
As vítimas identificadas até o fechamento desta edição eram: Adilson Costa Souza, Leônidia Pereira de Jesus, Benedito Pereira de Jesus, Paulo Roberto dos Santos, Israel Prades Araújo,10 e Raquel Prata Araújo.
Segundo a assessoria da Casa de Saúde Santa Lúcia, os passageiros Carlos Henrique Botelho, Manoel Ferreira Gonçalves, Isabel Santos Rocha e Magno Gomes da Silva, foram internados em estado gravíssimo. Chovia muito na hora do acidente. Houve grande congestionamento e a rodovia só foi liberada às 5h.
Em outubro do ano passado, houve outro acidente no mesmo local, com quatro mortos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui