Mais um acidente com microônibus matou quatro pessoas no início da noite desta terça-feira na BR 070, entre Cuiabá e Cáceres.

O acidente aconteceu no km 608 da rodovia, na localidade conhecida como Posto 120, em Poconé, por volta das 19h. Chovia muito no local e um microônibus que saiu de Cuiabá bateu em um caminhão bitrem carregado com 40 toneladas de milho. Ao todo, 18 pessoas foram vítimas do acidente. A rodovia ficou fechada por mais de três horas e só por volta das 23h foi parcialmente liberada. No final de semana outros três acidentes deixaram mais de 20 pessoas feridas.

A polícia registrou quatro mortes no local: Pedro Luiz de Oliveira (59) , motorista do caminhão bitrem, Elias Belmiro Passos (48), Vânia Cristina Fagundes Borges (44), que seria passageira, e uma mulher que na lista de passageiros foi registrada como Penha.

Outras 14 pessoas estão internadas e algumas passam por cirurgia. No Pronto Socorro de Várzea Grande, estão internados: Odair dos Santos, Maicon Ferreira da Silva (17), que é cunhado do Odair, Leda Maria de Arruda Carvalho (31), o policial militar Silvanário de Almeida Egues (33) e Jânio, que foi identificado apenas pelo primeiro nome.

A situação mais grave é a do policial mlitiar, que passou por uma cirurgia para reconstituição buco-maxilar e teve um corte profundo que atingiu o rosto e a cabeça. Ele ainda passaria por um exame de tomografia para avaliar o ferimento na cabeça.

Outras vítimas estão no Hospital Regional de Cáceres. Uma mulher identificada apenas como Célia, Miriam Reis Luz (19), Geanderson Reis de Oliveira (3 anos – filho da Miriam), Sérgio Alves de Souza (28), Marco Roberto Ferrari, Aline Alves (14), Eder Santos (19), Maria Antônia Almeida e Maria Serafim. Nenhuma dessas vítimas moram em Cáceres. Eles estão sendo apenas atendidos na cidade. Alguns tem parentes em Cáceres.

O casos mais grave em Cáceres é a do garotinho Geanderson, que sofreu um corte na cabeça, e Sérgio Alves de Souza, que teve ferimento grave em uma das pernas. As outras vítimas sofreram ferimentos leves, e um deles, Marco Roberto, já foi até liberado.

O microônibus saiu de Cuiabá, as 17h30 com destino à cidade de Pontes e Lacerda, no sudoeste do estado. O caminhão trafegava no sentido contrário. As vítimas seriam moradores da região oeste de Mato Grosso, de cidades como Pontes e Lacerda, Lambaria D`oeste, Rio Branco e Salto do Céu. Os passageiros que estavam no microônibus do acidente iriam se divir e ocupariam outro microônibus, para chegar até a cidade em que moravam.

Ainda não há informações sobre os motivos da batida entre os dois veículos, mas policiais civis que estão no local disseram que a rodovia está escorregadia. “Chove muito aqui desde o início da tarde”, disse.

Este foi o terceiro acidente grave envolvendo vans e microônibus em Mato Grosso, entre sábado (29/11 ) e esta terça-feira (02/12).

Equipes do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência – Samu de Cuiabá e do Corpo de Bombeiros se deslocaram de Cuiabá para prestar socorro às vítimas, mas quando chegaram ao local, todos tinham sido socorridos por terceiros que passaram pela rodovia.