Um acidente envolvendo um microônibus escolar, ontem, na localidade de São Roque, em Criciúma, deixou cinco pessoas feridas, entre elas, quatro crianças. Segundo o Corpo de Bombeiros de Forquilhinha, o veículo transportava 20 estudantes da rede municipal e estadual e tombou às margens de um rio. Marlon de Souza Cardoso, 49 anos, que dirigia o ônibus, teria sofrido um mal-súbito. O microônibus pertence à Secretaria de Educação de Criciúma e levava alunos de escolas de Sangão, Capão Bonito, Verdinho e São Roque.

Primeiros atendimentos ocorreram no local

Os estudantes, com idades entre oito e dez anos, receberam os primeiros socorros ainda no local. Quatro deles foram encaminhados ao Hospital Infantil Santa Catarina, em Criciúma. Duas crianças, segundo bombeiros, foram resgatadas do veículo, por volta de 12h45min, com suspeita de trauma na coluna cervical. “Apesar do susto, as outras crianças sofreram apenas escoriações”, diz um soldado que atendeu à ocorrência. De acordo com o militar, parte do ônibus ficou dentro do rio.

Segundo o cabo do Corpo de Bombeiros de Forquilhinha, Gilmar Frank, as crianças que saíram ilesas do acidente foram transferidas para um microônibus do Corpo de Bombeiros de Criciúma. Logo após, foram levadas para uma escola do município, onde receberam atendimento psicológico. “A informação é de que o ônibus transportava um grupo de alunos de três colégios de Criciúma. O microônibus saiu de Capão Bonito e seguia para São Roque”, observa Gilmar.

Assim como as crianças feridas, o motorista do microônibus passou o dia de ontem em observação no Pronto-Socorro do Hospital São José. Segundo funcionários, ele teria sofrido uma queda na pressão arterial. O trabalhador não precisou ser internado. Já as crianças feridas fizeram exames de raio-X e estão fora de perigo. “Todas estão bem. Felizmente não houve nada de mais grave. Elas ficarão em observação e serão libe- radas”, disse Jádna Tasca, secretária de Educação de Criciúma.