SÃO PAULO – O fim de semana, com chuva e pistas escorregadias, foi violento nas avenidas e estradas paulistas. Pelos menos 11 pessoas morreram em acidentes de trânsito e, no mínimo, 20 ficaram feridas nos dois últimos dias. O acidente com mais vítimas aconteceu por volta das 5h deste domingo, quando um carro partiu ao meio ao atingir um poste em Itaquera, na zona Leste. Os quatro ocupantes morreram na hora. O carro havia sido roubado por uma das vítimas.

Na Via Dutra, no início da manhã de domingo, uma empresa de monitoramento via satélite travou um caminhão que havia sido roubado e trafegava pela rodovia, na região de Guarulhos. Houve um engavetamento envolvendo quatro caminhões, um ônibus e um carro, que acabou esmagado. A motorista do automóvel morreu na hora. A filha dela e um dos motoristas dos caminhões ficaram feridos. A pista expressa da Dutra ficou fechada por oito horas.

Na Avenida Giovanni Gronchi, um jovem de 25 anos morreu no fim da manhã do domingo após o carro em que ele estava atingir outro veículo e um poste. Uma outra pessoa ficou gravemente ferida. No Rodoanel, perto da Anhangüera, um homem e uma criança ficaram gravemente feridos em outro acidente.

No sábado, três policiais que estavam de folga se acidentaram no cruzamento das avenidas Ipiranga e Rio Branco, no centro da capital. Um deles morreu na hora. Outro acidente grave aconteceu na zona leste. Um carro partiu ao meio após uma violenta batida contra um poste. Duas pessoas morreram na hora e outras três ficaram feridas na Avenida Estrela da Noite, em São Miguel Paulista. Na Marginal Tietê, duas pessoas que estavam em uma moto morreram atropeladas por um caminhão. O motorista do veículo atropelante fugiu sem prestar socorro.