O trânsito matou oito pessoas na noite de sábado e no dia de ontem, em cinco acidentes nas estradas estaduais e federais de Goiás. Quatro deles aconteceram em rodovias estaduais. O mais grave aconteceu às 5h20 de ontem, na G0-330, entre Ipameri e Pires do Rio, deixando três mortos: Wanderley Batista de Souza, de 40 anos; Edgar Fernandes Borges, 31; e uma terceira vítima, não identificada. O acidente, que envolveu três veículos, resultou em ferimentos em outras quatro pessoas.
A colisão tríplice aconteceu no quilômetro 231 da GO-330 e envolveu um Volks Gol, placa KCE 7489, de Pires do Rio; uma caminhonete D-20, placa BKS 7846, de Ipameri; e outro Gol, placa COM 3771, também de Pires do Rio. Os três ocupantes do primeiro veículo morreram, até o motorista, cujo nome não foi fornecido pelo Batalhão Rodoviário. Na caminhonete, que era dirigida por Selver Mezano, ficaram feridos os passageiros Jacel Mezano e Joaquim José Rosa Neto. Ainda ficaram feridos Edilberto Cândido Martins e Manoel Gonçalves de Melo, que viajavam no Gol placa COM 3771, conduzido por Rubens Rodrigues de Melo.
Moto
A Polícia Rodoviária Federal registrou colisão às 21h30 de sábado na BR-158, entre Jataí e Caiapônia, na qual morreu o motoqueiro Velton Cássio da Silva, 31. A moto que ele pilotava, uma Honda CG Titan, chocou-se com a traseira de um caminhão, provocando a morte imediata da vítima. Além desse, a Polícia Rodoviária Federal registrou outros 10 acidentes, envolvendo 16 veículos e deixando um saldo de 3 feridos.
O Batalhão Rodoviário da Polícia Militar computou 12 acidentes, num dos quais morreram Terezinha Bruno de Souza, 16, e Maria Rosa Martins, 81. O desastre aconteceu no final da tarde de sábado, na G0-139, entre Caldas Novas e Piracanjuba, envolvendo um GM Vectra, no qual viajava a adolescente, e um Fiat Elba, que era ocupado por Maria Rosa Martins. Às 2 horas de ontem, na GO-060, entre São Luiz de Montes Belos e Israelândia, a colisão de um caminhão Volks com Fiat Fiorino resultou na morte de Leandro Amaro Costa Júnior.
Às 16h20, uma ambulância da Prefeitura de Trindade, placa KDN 1044, atropelou e matou o ciclista Benedito Martins de Abreu, 72. O atropelamento aconteceu na G0-060, em frente à Internacional Tintas, próximo ao trevo da cidade. O ciclista foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Monte Sinai, mas já chegou sem vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui