Uma suposta quadrilha especializada em roubo de caminhões, que foi desarticulada em ação conjunta da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Garras (Grupo Armado de Repressão a Assaltos e Seqüestros) de Mato Grosso do Sul e, segundo a polícia, agia há anos em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. Sete acusados de integrarem a quadrilha estão presos na sede do Garras em Campo Grande, enquanto outros seis são procurados pela polícia nos quatro Estados onde agiam.

De acordo com a polícia, em Mato Grosso do Sul o grupo abordava os caminhoneiros nas BRs 163, entre Jaraguari e Sonora, e na 262, entre Campo Grande e Três Lagoas. A PRF investigou durante 60 dias e conseguiu chegar a um dos suspeitos identificado como “Moriçoca”, sendo que um relatório foi produzido para o Garras que também passou a ajudar nas investigações.

Os policiais civis conseguiram uma fotografia do acusado que foi identificado como Luiz Antônio Neto de Oliveira, 44 anos, tendo contra si dois mandados de prisão em aberto por evasão da Colônia Penal da Capital e por tráfico de drogas. Passados dois meses, o NOE (Núcleo de Operações Especiais da PRF), realizando revistas no macro anel rodoviário de Campo Grande, abordou o veículo Ford Courier placa HRM-7540, de Campo Grande (MS), e prendeu Oliveira apesar de ter apresentado nome falso.

Já na madrugada de terça-feira, Airton Paes de Melo, 35 anos, e a cunhada dele, que estavam no veículo Ford F-1000 placa KMJ-8605, de Dourados (MS), foram presos em atitude suspeita. Conforme informações da PRF, Melo seria o “chefão” da quadrilha e a cunhada dele a “isca” para os caminhoneiros.

O Garras deu prosseguimento às investigações e, verificando ligações com “Moriçoca”, chegou a mais duas pessoas: João Vaz Lopes, 27 anos, conhecido como “João Paraguaio”, e Robinson Júnior Cardoso, 33 anos, conhecido como “Dentinho”. Os dois foram presos quando ocupavam a caminhonete Ford F-250 placa JZB-8672, de Tangará da Serra (MT).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui