Esta quarta-feira foi um dia de movimento intenso na Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai. Funcionários da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estão vistoriando os ônibus que vêm de Cidade de Leste para Foz do Iguaçu. Até agora, 14 foram apreendidos. A maioria deles é barrada por levar bagagens sem identificação. Porém, a ANTT afirma que não há como fiscalizar todos os ônibus porque eles andam em comboios.

Da semana passada até agora, a Receita Federal diz que apreendeu quase R$ 700 mil em mercadorias contrabandeadas. A receita afirma que os ônibus dos sacoleiros transportam o equivalente a R$ 3,6 bilhões por ano desse tipo de mercadorias, originárias do Paraguai.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui