Reavaliação do arcabouço jurídico que dispõe sobre o setor de transporte e a definição de diretrizes para a elaboração de um plano estadual de logística e transporte. Estes são alguns dos itens da nova modelagem do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros (STCRIP) que o Centro de Excelência em Engenharia de Transporte (Centran), órgão do Exército Brasileiro, apresentou nesta quarta-feira (01.10), no Gabinete do governador Blairo Maggi. Participaram da reunião representantes da Agência Estadual dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso (Ager), da Casa Civil e da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

A reunião integra a segunda etapa do plano de trabalho do Projeto de Reestruturação do STCRIP, estabelecido por meio de um convênio entre o Governo do Estado, a Ager e o Centran, que tem como objetivo reestruturar o sistema de transporte do Estado.

Esta é a primeira reunião realizada para discutir a modelagem do sistema de transporte. Este modelo traz uma nova discussão: a idéia de prestação de serviço por mercado, que seria um conjunto de linhas dentro de um espaço geográfico, e não o modelo por linha, como sempre foi praticado. Segundo a presidente da Ager, Márcia Vandoni, com esse novo modelo, todas as empresas que começarem a operar linhas viáveis economicamente terão, também, que operar as nem tão viáveis. “Nenhum concessionário perderá com isso, afinal, uma linha viável economicamente acaba subsidiando uma nem tão viável”, explicou a presidente.

A reunião não foi aberta à população por se tratar de uma decisão estratégica do Governo. Em um segundo momento, novas reuniões serão agendadas para tornar públicas as informações. “Talvez seja o caso de realizarmos consultas públicas para saber os verdadeiros anseios e necessidades da população e discutir as propostas da nova modelagem”, disse Márcia Vandoni.

A presidente da Ager ainda destacou que é muito importante o envolvimento da Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso, por meio de seus parlamentares, neste projeto. “Este é um projeto de grande interesse político, econômico e social. Tanto os concessionários quanto a população merecem a reestruturação do sistema de transporte. Por isso, é de extrema importância a participação de todos nesse processo. E a Assembléia é a grande representante da população”, finalizou.

Mais informações pelos telefones 3618-6126 e 3618-6121. Saiba mais sobre a Ager no site www.ager.mt.gov.br.