A Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop) iniciou ontem (08/03) a montagem das fôrmas para concretagem do bueiro definitivo em construção no córrego Bruacas, no km 17 da GO-060. Hoje à tarde o serviço de recuperação da rodovia prossegue em ritmo de urgência e o órgão pode aumentar o número de homens e máquinas no canteiro de obras caso seja necessário. Cinqüenta trabalhadores e 10 equipamentos estão no local.

A Agetop também está trabalhando para sanar, o mais rápido possível, um novo problema surgido no último final de semana, com o rompimento de outro bueiro numa vazante do Bruacas, a 200 metros do córrego, na pista Goiânia/Trindade. Uma erosão de 10 metros de largura se formou nesse ponto, criando outra situação de emergência para a Agetop e mais inconvenientes para os usuários da via.

Novo Problema

A Diretoria de Operação e Manutenção do órgão diz que esse novo problema não deve atrasar o cronograma inicial de 90 dias previsto para a execução da obra..

O tráfego de veículos está sendo feito em apenas uma das faixas de rolagem da pista Trindade/Goiânia na altura do Córrego Bruacas. A Agetop liberou a passagem somente para veículos leves e ônibus.

Para os caminhões, o tráfego naquele ponto continuará suspenso por tempo indeterminado. A alternativa para estes é pegar o desvio por Palmeiras de Goiás. O atalho por Abadia de Goiás não é aconselhável por causa de atoleiros na rodovia não-pavimentada.

GO-040

A empresa contratada para fazer a recuperação do bueiro que rompeu na GO-040 (entre Pontalina e Aloândia), levando junto o asfalto, já começou as escavações para a fundação do novo bueiro que será implantado naquele ponto. A meta da Agetop é finalizar o trabalho em 40 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui