O que era para ser apenas um treinamento de salvamento com utilização de helicóptero acabou se tornando uma ação real de resgate do Corpo de Bombeiros. Ontem de manhã o Corpo de Bombeiros contou com a aeronave Arcanjo 3 para socorrer vítima de acidente na BR-050.

O capotamento aconteceu na parte da manhã, por volta de 9h40, na BR-050, a cerca de 30 km de Uberaba, sentido Uberlândia. O motorista Wenner Vinícius Correa Vaz, 21 anos, estava conduzindo uma Pick-up Saveiro, com placas de Uberlândia.

O veículo trafegava sentido Uberlândia-Uberaba. O motorista perdeu o controle direcional e capotou várias vezes até chegar ao acostamento. Enquanto a vítima tentava sair de dentro do carro, um grupo de Bombeiros estava participando de treinamento com o helicóptero Arcanjo 3, na Univerdecidade. Ao serem acionados, os bombeiros interromperam os preparativos para o treinamento e se deslocaram para o local do acidente. Três equipes participaram da operação. Uma de salvamento, outra de resgate e a terceira se deslocou para a 050 de helicóptero.

Cinco minutos – As viaturas de salvamento e resgate foram comandadas pessoalmente pelo comandante do 8º BBM, tenente-coronel Queiroz. O Arcanjo 03 estava sendo comandado pelo coronel BM Teixeira. A aeronave pousou no asfalto da rodovia para iniciar os procedimentos de resgate.

Conforme informações dos bombeiros, a vítima estava consciente, mas apresentava escoriações pelo corpo e traumatismo craniano leve. O motorista do Saveiro revelou aos bombeiros o que causou o acidente. Segundo informações dos militares, Wenner teria dormido ao volante. Depois de realizar os procedimentos pré-hospitalares, os bombeiros levaram a vítima para o helicóptero. Se a vítima tivesse sido levada em uma viatura do resgate, seriam gastos cerca de 35 minutos para chegar até o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da UFTM. Como o procedimento foi realizado com um helicóptero, a ação durou cerca de cinco minutos.