Fábio Cortez/DN

A violência da batida foi grande e os condutores dos veículos sobreviveram ao acidente
Dois caminhões colidiram de frente na ponte do rio Trairi, na BR-101, no município de São José de Mipibu, por volta das 5h da manhã de ontem. De acordo com o sargento da Polícia Militar Adenauer Mailer de Morais, que esteve no local, o caminhoneiro Gilvan Bezerra dos Santos, 56 anos, que dirigia um Ford Cargo Placas vermelho, placas KIC-7863/PB, no sentido Natal-João Pessoa, tentou desviar de uma carroça. O caminhoneiro Abias Silvestre dos Santos, 42 anos, que conduzia um Mercedes amarelo, placas MZC-0122/RN, no sentido Gonianinha-Natal, perdeu o controle do veículo e bateu de frente. O Mercedez caiu no leito do rio. Ambos os motoristas sobreviveram ao acidente e foram levados ao Pronto-Socorro do Clóvis Sarinho.

Segundo o sargento Adenauer, a Policia Militar foi acionada para evitar que o carregamento de açúcar, transportado pelo Mercedes amarelo que vinha de Goianinha, fosse saqueado por populares. Adenauer de Morais conta ainda que a pista foi desobstruída pela Polícia Rodoviária Federal, que retirou o Ford Cargo da ponte e o colocou no acostamento. O Mercedes não tinha sido retirado do leito do rio Trairi ontem pela manhã.

ESTUDANTE

O estudante Antônio Carlos dos Santos, filho de Gilvan dos Santos, foi ao local do acidente ontem pela manhã e revela que o pai, que é proprietário do Ford Cargo, estaria levando um carregamento de sucata de plástico de Natal a João Pessoa. ‘‘Temos uma empresa aqui e em João Pessoa’’. O estudante, que também é paraibano, não sabia informar ao menos qual hospital o pai foi levado. ‘‘Minha mãe é que está com ele’’.

A equipe do Diário de Natal entrou em contato com o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho para saber da situação dos caminhoneiros, mas a única informação passada é de que eles foram para a cirurgia. A gravidade dos ferimentos não foi repassada pela equipe do hospital.