QUALIDADE EM ATENDIMENTO: o Posto Arco-Íris, em Roseira (SP), é considerado um dos melhores do país. Foto: Divulgação

Nos dias 11 e 12 de abril, os motoristas profissionais que passarem pela Dutra poderão checar a saúde no Posto Arco-Íris Roseira, no km 82, sentido Rio de Janeiro.

O programa Caminhos para a Saúde é mantido pela concessionária RioSP com dinheiro do pedágio. Dentre as opções, têm exames de glicemia, colesterol, pressão arterial e cálculo de massa corpórea.

A iniciativa é positiva mas no material de divulgação a concessionária RioSP, assim como fazia a NovaDutra, ambos do grupo CCR, omite o nome do posto. É inacreditável tamanho oportunismo, afinal, utilizam a estrutura do posto e na prática não estão oferecendo nada de graça. Até porque os custos são bancados pelo pedágio.

Por outro lado, o posto Arco-Íris de Roseira (SP) mantém atendimento médico regularmente, realmente gratuito (como na foto abaixo) para os profissionais da estrada e viajantes. Sem nenhum tipo de custo ou receita. Inclusive já salvaram a vida de vários caminhoneiros.

CUIDADOS COM OS PROFISSIONAIS: Médico do posto Arco-Íris em atendimento a um caminhoneiro. Foto: Divulgação

O mínimo que a concessionária deveria fazer é indicar o nome do posto e não omitir no comunicado de imprensa, como se fosse se a concessionária estivesse oferecendo estacionamento, apoio, banheiros, para os usuários e participantes da iniciativa.

É bom lembrar que ao omitir o nome do posto prejudica os caminhoneiros. Muitos não sabem exatamente onde é o km 82 mas todos que circulam na Dutra conhecem o posto Arco-Íris.

Veja nas fotos o tamanho da estrutura do posto, onde presta atendimento médico regularmente, com recursos próprios, e não eventualmente, como faz a concessionária com dinheiro arrecadado no pedágio.

Vida de caminhoneiro foi salva porque posto de rodovia tem atendimento médico

Ética da concessionária

Curiosamente, no final do material de divulgação que nossa redação recebeu da concessionária da CCR, aparece uma mensagem da sobre a Conduta Ética do grupo CCR. Com certeza, essa omissão não faz parte do conceito de ética. Esperamos que a concessionária dê o devido crédito nas próximas vezes aos postos de rodovia que apoiam essas iniciativas e não têm, como a concessionária, receita do pedágio para bancar as despesas decorrentes.

Veja o que diz o final da mensagem do release que recebemos da CCR RioSP

Para visualizar o Código de Conduta Ética e demais documentos do Programa de Compliance do Grupo CCR visite o site: https://www.grupoccr.com.br/governanca-e-compliance e se algo não te parecer correto, entre em contato com o Canal Confidencial do Grupo CCR (https://canalconfidencial.com.br/canalconfidencialccr ou 0800 721 0759).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui