O asfalto da BR 101 Norte, na altura da localidade de Jacupemba, em Aracruz, cedeu na manhã desta quarta-feira (09). A pista já estava alagada devido à chuva que atingiu a região durante a noite desta terça (08) e manhã desta quarta-feira.

O tráfego está interrompido nos dois sentidos. Os municípios de Linhares e Aracruz foram os mais prejudicados com alagamentos. Diversos bairros da Grande Vitória também foram atingidos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, quem segue no sentido São Mateus-Vitória tem que fazer o desvio por Colatina, passando pela BR 259 e, em seguida por João Neiva, onde retorna à BR 101. Já os motoristas que seguem sentido Vitória-Norte do Estado não têm como passar pela BR 101, em Linhares e Aracruz. A opção é seguir por Colatina, acessando o trevo de João Neiva.

Não é necessário passar por dentro da cidade de Colatina. O motorista tem a opção de passar pela Segunda Ponte da cidade, que enfrentou problemas com fornecimento de energia elétrica. A via dá acesso a chamada Rodovia do Contorno, inaugurada há pouco mais de um mês. A nova estrada serve de acesso para o trevo de Baixo Guandu e para a ES 341.

Os motoristas que seguem sentido São Mateus devem virar à direita no final da rodovia do Contorno em Colatina. O desvio aumenta o percurso Vitória-São Mateus em cerca de 100 quilômetros. O motorista vai seguir pelos município de São Gabriel da Pallha, Nova Venécia e chegam a BR 381 para chegar a São Mateus, onde podem retornar à BR 101.

Acidente

Um acidente também foi registrado no Norte do Estado por volta das 9h50 desta quarta-feira (09) na BR 101, em Ibiraçu, próximo ao quilômetro 216. Ao menos uma pessoa morreu.

De acordo com a PRF uma equipe que partiu do município da Serra, na Grande Vitória, já foi deslocada para o local. A vítima e os veículos envolvidos no acidente ainda não foram identificados.

Alagamentos

A chuva que atingiu o Espírito Santo na noite desta terça-feira (08) e madrugada desta quarta (09) alagou vários pontos da BR 101, na altura de municípios do Norte. A rodovia também está parcialmente interditada na localidade de Guaraná, em Aracruz. No mesmo município e em Linhares, a água invadiu diversas casas, causando prejuízo aos moradores da região.

Apesar da chuva ter atingido as cidades durante a noite, apenas na manhã desta quarta-feira é que os prejuízos puderam ser identificados. Rodovias estaduais que ligam as sedes dos municípios da região Norte também foram prejudicadas com o grande volume de água.

Leia também:
Bloco de granito cai sobre BR 101 na Serra


De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, na BR 101 Norte, a quantidade de água acumulada na pista dificultou até mesmo a passagem de carros maiores. Entre 5h45 e 7h, a via ficou totalmente interditada nos dois sentidos.

Ainda há muita água na pista e a interdição é parcial. Os policiais rodoviários controlam o fluxo de veículo e alternam a liberação dos dois sentidos. O trânsito segue lento na região.

O mesmo acontece no município de Linhares. Vários pontos da BR 101 estão alagados e quem passa pelo local encontra dificuldade. Problema maior enfrentam motoristas de carros de passeio, já que a água em alguns pontos passa de meio metro de altura.

Na Grande Vitória

Na Região Metropolitana de Vitória não foi diferente. A chuva alagou várias ruas e algumas ficaram inviáveis para tráfego. Na capital, motoristas enfrentavam um grande alagamento nas avenidas que dão acesso à Terceira Ponte, na Enseada do Suá.

Vários carros apresentaram problemas mecânicos após o motor ser atingindo pela água. Engarrafamentos foram registrados em vários pontos, entre eles, as avenidas Leitão da Silva, Dante Michelini, Fernando Ferrari, Adalberto Simão Nader e Reta da Penha.

Em 10 minutos de chuva forte, o trânsito na avenida Dante Michelini ficou muito complicado. Por volta das 21h20, no sentido Praia-Centro, apenas a faixa da esquerda era usada para tráfego porque as outras duas estavam completamente alagadas. O trânsito ficou lento na região.

Alagamentos também foram registrados nas avenidas Saturnino de Brito e Navegantes, além da César Hilal e avenida Vitória. Vários veículos trafegavam com o pisca-alerta acionado, já que a chuva forte dificultava a visibilidade dos condutores.

No bairro Jardim Camburi, houve falta de energia elétrica e moradores também reclamaram que a água invadiu as garagens que ficam abaixo do nível da rua. Três pessoas tiveram que subir em cima de um carro após o pátio da Vale ficar completamente alagado. Elas foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros.

Em Coqueiral de Itaparica, em Vila Velha, uma árvore caiu sobre um carro. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhado até o local. A árvore foi retirada de cima do veículo. Apesar dos danos materiais, ninguém ficou ferido. Quem passou pela orla do município também enfrentou problemas.