Dois motociclistas morrerem tragicamente nas últimas 24 horas nas rodovias federais de Mato Grosso. Por coincidência, as duas vítimas estavam trafegando de moto quando bateram de frente contra carretas. Nos dois casos os pilotos morreram na hora. Num dos acidentes, a moto pegou fogo e explodiu em seguida.

Por volta das 17h50 de domingo (14), a motocicleta Honda/CG 125 FAN, placa IAF-8832 (SC) conduzida por Rubens Bastos Guimarães, de 45 anos, seguia pela BR-101 quando no quilômetro 173 colidiu contra a carreta Volvo placa CPJ-6245 (SP).

A carreta era conduzida por Luiz Valeriano da Silva Filho. Com o impacto, o motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O condutor da carreta saiu ileso do acidente.

O segundo acidente envolvendo uma moto aconteceu por volta dos 30 minutos da madrugada de hoje, no quilômetro 379 da BR-364, na zona rural de Cuiabá.

O piloto Leandro Mariano Garcia, de 25 anos, teve uma morte trágica. A moto que ele pilotava, uma Honda placa KAD-8224 ainda pegou fogo e explodiu em seguida no meio da rodovia.

A moto pilotada por Leandro, segundo informações da PRF e da Divisão de Trânsito do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc-Sul) do Coxipó, bateu de frente contra a carreta Scania, placa DPF-9321, dirigida por Rafael Lopes da Silva, de 25 anos, que saiu ileso.

Segundo ainda informações da PRF, a violenta colisão teria sido provocada pelo piloto da moto. Leandro teria tentado fazer uma ultrapassagem em local perigoso, quando bateu de frente contra carreta que trafegava em sentido contrário.