Participantes devem percorrer 348 quilômetros em 24 dias

Carregando bandeiras de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Brasil, os participantes da caminhada pela duplicação do trecho sul da BR-101 iniciaram nesta quarta, dia 10, o trajeto de 348 quilômetros entre Osório, no Rio Grande do Sul, e Palhoça, em Santa Catarina.

Na previsão dos organizadores, a marcha deve durar cerca de 24 dias e irá percorrer sete municípios gaúchos e 17 catarinenses.

O ato pela duplicação do trecho sul da BR-101 conta com a presença de vários políticos da região e começou com uma cerimônia religiosa em Osório, na beira da estrada. Foi uma homenagem a quem perdeu a vida na rodovia, que é uma das mais movimentadas e violentas do país. Neste trecho, que não possui acostamento e tem uma sinalização precária, só no ano passado morreram 137 pessoas.

A primeira parada do grupo que saiu de Osório será em Maquiné (RS), onde um nova turma continua a caminhada. Este grupo percorre a rodovia até Terra de Areia (RS), onde novos integrantes retomam o percurso. A cada troca uma nova bandeira municipal representará o apelo das comunidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui