Evento faz parte da programação da Semana Nacional de Trânsito

Os motoristas que passarem hoje pelo posto de Furnas da Polícia Rodoviária Estadual, entre 15 e 17 horas, vão participar das atividades alusivas à Semana Nacional de Trânsito. A abordagem será realizada por colaboradores da concessionária RodoNorte, em parceria com Polícia Rodoviária Estadual e a Escola de Trânsito do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O objetivo é orientar os motoristas sobre os procedimentos recomendados para o transporte de crianças.

Serão distribuídos materiais informativos e também serão apresentadas dicas práticas que podem evitar lesões graves e ajudar a salvar vidas. A coordenadora de programas sociais da RodoNorte, Rubia Galvão, destaca a importância do envolvimento de toda a sociedade nesse trabalho. Ela destaca que a utilização dos equipamentos de segurança deve se tornar um hábito entre os pais. “São coisas simples do dia-a-dia que podem fazer toda a diferença em caso de acidente. Além disso, também é preciso ressaltar que existem recomendações específicas para cada faixa etária da criança”, destacou.

Durante a blitz dessa terça-feira também serão oferecidas dicas para outras situações envolvendo crianças no trânsito como, por exemplo, a travessia segura de vias. Essa abordagem também segue a temática escolhida para a Semana Nacional do Trânsito em 2008. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a escolha do tema tem o objetivo de sensibilizar mães, pais e educadores para a adoção de ações que promovam a segurança das crianças no trânsito. Conforme apontam as estatísticas do Denatran, 21.199 crianças de 0 a 12 anos foram vítimas em acidentes de trânsito ocorridos no Brasil em 2006. Desse total 818 foram vítimas fatais.

Segundo dados do Ministério da Saúde, entre os óbitos por acidentes envolvendo crianças de 0 a 14 anos os relativos ao trânsito aparecem em primeiro lugar. Em 2004 41,1% das mortes por acidentes foram no trânsito, seguidas por afogamento (26%), sufocação (13,4%), queimaduras (6,6%) e outros (12,9%).