A coordenadora da organização não-governamental (ONG) Rodas da Paz, Beth Veloso, pediu à Câmara providências para que sejam cumpridos os artigos do Código de Trânsito Brasileiro que tratam da proteção aos ciclistas. Ela explicou, na audiência pública da Comissão de Viação e Transportes, que, somente no ano passado, 60 pessoas morreram atropeladas em Brasília.

Para a convidada, “Brasília traduz a ditadura das rodas” e “a bicicleta é uma fonte de preconceitos”. A coordenadora lamentou ainda o fato de que nem a Câmara dos Deputados tem estacionamento para bicicletas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui