Menina foi arremessada para fora de carreta que tombou na Marechal Rondon, em curva na serra de Botucatu

Botucatu – Maria Vitoria Navarro dos Santos, de 2 anos e 5 meses, morreu ontem quando a carreta em que viajava tombou na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu (100 quilômetros de Bauru). Os pais da criança Anivaldo Francisco dos Santos, 44 anos, e Luzia Navarro dos Santos, 31 anos, tiveram ferimentos leves e foram levados para o Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Unesp. Após medicados, foram liberados. O corpo da filha foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Botucatu.

Uma testemunha disse que Santos, que conduzia a Scania, placas BDM 0114 de Maringá (PR), teria perdido o controle ao desviar de um veículo. O caminhão carregado com soja derivou para o acostamento e tombou. A menina foi arremessada na direção do pára-brisas e contra o asfalto, batendo a cabeça e morrendo no local. O JC apurou que no local do tombamento, a curva do DER, é comum acidentes onde a pista não é duplicada e é trecho de início da serra de Botucatu.

A Scania seguia sentido São Paulo, acompanhando um comboio de carretas com soja, que iriam descarregar no Porto de Santos. O acidente ocorreu no quilômetro 247 mais 550 metros, pouco antes das 9h, em Botucatu. A carreta puxava os reboques placas AOO 2068 de Maringá, e placas AOO 1778, de Maringá.