O deputado estadual Paulo Pinheiro (PT) anunciou ontem que irá à Justiça para tentar adiar o calendário de pagamento do IPVA deste ano até que os valores sejam mudados. De acordo com análise feita pela empresa de consultoria Molicar – que participa da elaboração do IPVA de São Paulo – a tabela do imposto de 2002 no Rio tem erros e distorções, que garantem redução de até 93,6% no valor a ser pago por donos de veículos importados ou nacionais de luxo. A Secretaria estadual de Fazenda, no entanto, afirma que não há erros e que este ano começou a corrigir valores de venda dos veículos, há muitos anos defasados.

Para Paulo Pinheiro, no entanto, a tabela é que precisa de correções:

– Vou questionar esses valores e, depois, pedir o adiamento da data de pagamento.

O deputado Carlos Dias (PPB) também disse que vai recorrer à Justiça.

– Não deixarei passar essa incoerência. O momento de di$ção da tabela foi inoportuno porque a casa está em recesso e não pode se mobilizar.

Deputado pedirá a secretário que cancele tabela

Já o presidente da Comissão de Transportes da Assembléia Legislativa, deputado Paulo Mello (PMDB), tentará cancelar a tabela no encontro marcado para hoje com o secretário de Fazenda, Fernando Lopes.

A Secretaria de Fazenda refutou as acusações de erro:

– Estamos fazendo os acertos gradativamente – afirmou ontem o assessor de imprensa João da Matta. – Os preços de 2001 foram corrigidos em 11% e a tabela da Fipe foi usada apenas como referência, para que o valor dos veículos não ultrapassasse o de mercado.

O assessor disse ainda que, como a tabela ainda é antiga, há defasagem em algumas marcas de carro, principalmente os importados, que estão sendo corrigidas gradativamente.

O calendário de pagamento do IPVA começa dia 22.


DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui