O deputado estadual Gerson Burmann (PDT) manteve audiência na última quarta-feira (dia 15) com Secretário Daniel Andrade, titular da Secretaria de Infra-Estrutura e Logística, demonstrando a sua preocupação e contrariedade quanto às pretensões do Governo do Estado em implantar uma praça de pedágio na rodovia estadual RS-342, no trecho entre Ijuí e Cruz Alta.

Burmann reiterou inclusive as posições manifestadas pelos representantes dos quatro COREDES que integram a Região Funcional 7 – Noroeste Colonial, Missões, Celeiro e fronteira Noroeste, do Movimento União Brasil Caminhoneiro – Região Missões bem como do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ijuí e Região, contrários a implantação do pedágio na citada rodovia, amplamente divulgado pela imprensa regional.

Respondendo a indagação, o Secretário Andrade garantiu ao parlamentar a não inclusão de novas praças de pedágio em rodovias estaduais no projeto de lei que o Executivo enviará em novembro ao Legislativo Estadual. Neste PL, constará apenas a proposta de prorrogação do prazo de concessão das rodovias atualmente pedagiadas.

Burmann aproveitou ainda para obter a posição do Governo do Estado quanto à retomada das obras de pavimentação asfáltica da rodovia RS-218 entre o trecho de Catuípe e o Aeroporto de Santo Ângelo.

Foi afirmado pelo Secretário a inclusão da citada rodovia nos investimentos previstos e prioritários para o exercício de 2009, com recursos orçados inicialmente na ordem de R$ 1 milhão para a retomada das obras e, havendo disponibilidade de fluxo de caixa do Estado, ocorrer suplementações e a conseqüente intensificação dos trabalhos.

Visando dispor de recursos para a realização da obra da RS-218, o deputado Burmann apresentou recentemente proposta de Emenda ao Orçamento do Estado para 2009, suplementando em mais R$ 5 milhões para assegurar a sua concretização.