Cartilhas serão distribuídas no pátio da prefeitura

RESENDE – Como extensão ao trabalho desenvolvido nas ruas da cidade no que se refere a segurança no trânsito, o Departamento de Educação no Trânsito (DET) realiza hoje e amanhã, das 8 às 17 horas, no pátio do Centro Administrativo, a distribuição de 500 cartilhas com o tema Segurança no Transporte Veicular de Crianças. O objetivo, segundo o órgão, é orientar os motoristas que passarem pelo local sobre a melhor forma de conduzir esses passageiros.

O material elaborado pelo Departamento Nacional de Transporte e Trânsito, com apoio da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego e o grupo PSA Peugeot Citroën, tem 29 páginas ilustradas com dicas de como posicionar crianças e adolescentes no interior dos carros utilizando o cinto de segurança. No caso dos bebês, a cartilha orienta sobre o uso das cadeiras que ficam acopladas ao banco traseiro, as chamadas conchinhas, bebê-conforto ou infant seat. A escolha do equipamento adequado deve levar em conta o grupo de massa (peso/altura) da criança, que tem cinco variações: massa O (indivíduos com até dez quilos; 0,72 metro de altura e geralmente nove meses de vida), massa O+ (até 13 quilos; 0,80 metro de altura e um ano de vida), massa I (de nove a 18 quilos, um metro de altura, para crianças de até dois anos e oito meses), massa II (de 15 a 25 quilos; com 1,15 metro de altura, até cinco anos) e massa III (de 22 a 36 quilos, 1,30 metro de altura, até dez anos de idade).

“Muitos pais desconhecem que os assentos utilizados no interior dos veículos devem servir de acordo com o peso/altura da criança. Na hora da escolha do equipamento é bom evitar comprar aqueles que estejam muito próximos aos limites do desenvolvimento da criança”, explica Eliane Dornelas, coordenadora do DET. Ela ressalta ainda que os equipamentos devem ter estampada a classificação do grupo de massa junto com a certificação de que obtiveram aprovação nos testes exigidos pelas normas técnicas de fabricação e segurança, geralmente o selo do Inmetro.

A distribuição da cartilha será restrita ao pátio da prefeitura, porém os motoristas que não conseguirem um exemplar junto aos responsáveis pelo fluxo de veículos no pátio, devem se dirigir à sede do DET, ao lado da agência do Banco Itaú, próximo ao portão de entrada de veículos.

Legislação
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro e resolução do Conselho Nacional de Trânsito, crianças devem ser transportadas no banco traseiro dos veículos até completarem dez anos e usar, individualmente, cinto de segurança ou sistema de retenção equivalente. As exceções são para os veículos sem o banco traseiro, como as pick-ups de cabine simples, onde as crianças devem utilizar o cinto ou sistema de segurança apropriado. Outra situação é na hipótese de exceder nos carros convencionais o transporte de menores de dez anos no banco traseiro, a legislação brasileira permite que a criança de maior estatura entre os passageiros viaje no banco dianteiro. O desrespeito a essas normas é considerado infração gravíssima, com multa, perda de pontos na carteira de habilitação, e retenção do veículo.