Mais de 70 mil veículos estão com licenciamento atrasado na Bahia, segundo dados do Detran. Após o vencimento do prazo normal estabelecido para o licenciamento, os motoristas têm oito dias para regularizar a situação. Em muitos casos, porém, a dívida é tão alta que os proprietários preferem abandonar os carros nos pátios do Detran e da Superintendência de Engenharia de Tráfego (SET). O valor do licenciamento inclue o IPVA e multas que o motorista tenha pendentes. Caso não seja regularizado, o motorista que for pego em uma blitz com licenciamento em atraso terá o carro apreendido. Além de pagar a despesa com o guincho, que fica em torno de R$ 40, o motorista ainda terá de desembolsar R$ 4,60 por cada dia em que o veículo permanecer parado nos pátios do Detran ou da SET.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui