Profissionais de Saúde e Guarda Municipal esclarecem sobre cuidados no trânsito

Em função do Dia Mundial de Saúde, a prefeitura promove hoje a campanha com o tema “O trânsito é feito de pessoas. Valorize a vida”, com iniciativas que buscam esclarecer a população sobre cuidados no trânsito para evitar acidentes. Profissionais da Secretaria de Saúde, numa ação conjunta com a Guarda Municipal, com o Departamento de Trânsito e o Sesc (Serviço Social do Comércio) realizam mobilizações durante o dia. De acordo com o assessor do Departamento de Saúde Coletiva, Sérgio Murilo Conti, três mil filipetas educativas serão distribuídas em vários pontos no centro da cidade.

“As filipetas terão informações sobre o Dia Mundial de Saúde, sugestões sobre a utilização de segurança no trânsito e algumas medidas para evitar acidentes”, disse Conti, ao comentar sobre o foco do evento na cidade. “Estamos dando destaque para a mortalidade e as lesões permanentes sofridas no trânsito”, disse o assessor da Saúde Coletiva.

O material educativo que estará sendo distribuído contém informações gerais sobre acidentes, sobre os fatores que causam lesões no trânsito e dicas de segurança, alertando para utilização do cinto de segurança, as altas velocidade e embriaguês na direção.

“As cinco principais causas de acidentes são devido à velocidade, ao comsumo de alcool, às condições precárias do veículo, a não utilização de cinto e capacete e a imprudência do motorista”, apontou Conti.

A mobilização começa às 9h30min, com panfletagem nos sinais de trânsito do centro da cidade. Já às 13h30 e 15h30, a campanha de prevenção vai chegar até às crianças das escolas municipais, no Sesc Club, no Ano Bom, com a apresentação da peça teatral da Equipe de Educação no transito da PMBM, e demostração de salvamento de acidentado na via pública pela equipe de socorristas da Cruz Vermelha.

“Essa programação é uma forma que conseguimos para atingir maior número de pessoas, já que faremos a educação das crianças e dos motoristas”, disse.

Município proporá Minuto de Silêncio pela paz no trânsito
(Volta Redonda)

Entre as ações que visam comemorar o Dia Mundial da Saúde, que neste ano tem como tema a educação no trânsito, a Secretaria Municipal de Saúde, em conjunto com Hospital São João Batista, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Educação e pela Suser (Superintendência dos Serviços Rodoviários) proporá à população o ato Minuto da Paz.

Segundo a secretária de Saúde, Analice Martins, a proposta consiste na paralisação do trânsito hoje, durante um minuto, em defesa da vida e da paz no trânsito. A ação acontecerá ao meio-dia de hoje nas faixas de pedestres das avenidas Lucas Evangelistas e Paulo de Frontin e na Avenida Sávio Gama, no Retiro.

Analice ressaltou que, além do Minuto de Silêncio, haverá a distribuição de materiais educativos e de panfletagem nos bairros Vila Santa Cecília, Retiro, Amaral Peixoto e Aterrado. De acordo com ela, o tema, definido pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde, tem o objetivo de gerar o debate em torno dos impactos, custos sociais causados pelas seqüelas e mortes provocadas pelos acidentes nas ruas e estradas, propondo ações preventivas.

A Suser também participa das comemorações dando continuidade ao projeto “Escola Itinerante”, de educação sobre o trânsito, com apresentação teatral que percorre as escolas do município. Hoje, o projeto estará das 8 às 14 horas, na Escola Municipal São Francisco de Assis, na Rua Fernando Ferrari, no Retiro.

De acordo com o diretor-presidente da Suser, Sebastião Faria, as campanhas de educação no trânsito e as sinalizações de advertência são fatores muito importantes na redução dos acidentes. Segundo ele, até 1996, de acordo com dados do IML (Instituto Médico Legal), o município registrava entre 7 e 8 acidentes de trânsito por mês e, no ano passado, esse número ficou entre 3 e 4.

Faria atribui essa diminuição no número de casos às sinalizações verticais e horizontais, além da atuação forte atuação da Guarda Municipal. “Os números ainda são altos, mas já houve uma queda expressiva no número de acidentes. Toda a sinalização de Volta Redonda é a melhor da região, mas mesmo assim temos que atentar para a questão da imprudência, porque são 100 mil carros circulando diariamente na cidade – 70 deles emplacados aqui e 30 mil que vêm de fora. Então as campanhas não atingem a todos”, disse.

Bullos aponta o desrespeito à legislação como causa de acidentes
(Barra Mansa)

O médico e vereador Francis Bullos apontou como motivo dos altos índices de acidentes no trânsito a falta de cumprimento da legislação, tanto em nível nacional como na região. De acordo com ele, uma das soluções poderia ser a criação de uma penitenciária especial, como a existente em outros países.

“Deveria ser criado uma penitenciária especial, onde as leis são cumpridas. Os que transgridem o trânsito são separados dos criminosos. Têm que ser feito uma legislação séria em nível nacional”, disse Francis.

Ao analisar o cenário do transito nas cidades, Bullos fez críticas à falta de investimentos nas estradas como um dos fatores responsáveis pelos acidentes no trânsito. Ele ressaltou ainda que a falta de atendimento rápido após os acidentes é um dos principais motivos para o aumento de mortes nos acidentes de transito.

“O atendimento da população acidentada tem que ser mais rápido. Os atendimentos de emergência são os que salvam mais vidas. Mas são deficientes nessa área, pois falta estrutura não só em Barra Mansa, mas no Brasil”, disse Bullos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui