Brasília – O Ministério dos Transportes quer lançar até maio o edital para pesagem eletrônica nas rodovias federais, entre elas a BR-101. Essa é uma das três condições impostas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para assinar um novo contrato com o governo brasileiro para financiar a duplicação do trecho Sul. “As outras duas condições – a concessão das rodovias federais e o cronograma da conclusão das obras no Corredor Mercosul – estão implementadas”, comenta o gerente de captação de recursos externos do ministério, José Newton. Segundo ele, a expectativa é que o contrato de financiamento com o BID seja assinado até outubro. Para que o contrato seja assinado, o ministério do Planejamento precisa pedir ao banco que mande uma missão ao Brasil para atualizar os dados sobre a obra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui