O Projeto Escola Intervias realizou nos dias 7, 8 e 9 de março a capacitação de 60 educadores de 11 novas escolas que passarão a ser acompanhadas pelo programa de educação de trânsito a partir de 2004. A capacitação, que este ano apresentou novidades em dinâmica, aconteceu na Repúbllica Lago, em Leme, e contou com a presença do diretor presidente da Intervias, Jean Castro, e do diretor de operações e engenharia, Roberto de Barros Calixto, na abertura do programa.

A novidade foi a dinâmica desenvolvida pela coordenadora do Projeto Escola, Maria José Finardi, para trabalhar os valores que fazem parte do programa de educação de trânsito.

Através de atividades como barco a remo, arvorismo, trampolim acrobático, entre outras, os educadores puderam relacionar sentimentos de pânico, medo, estresse, equilíbrio, companheirismo e outras reações com o comportamento no trânsito. O método foi amplamente aprovado pelos educadores.

Para o coordenador da EMEF “Armando Grisi” e representante da Secretaria Municipal de Educação de Rio Claro, Edison Norberto de Andrade, a capacitação proporcionou um enriquecimento para educadores, para a escola, o bairro e finalmente para toda a cidade, atingindo os objetivos do programa de educação de trânsito.

“O programa de capacitação está muito bom, porque permite trabalhar a multidisciplinaridade dentro da sala de aula e possibilita desenvolver os conteúdos atitudinais”, declara a coordenadora do Departamento Municipal de Educação de Santa Cruz das Palmeiras, Ana Paula M. Gonçalves.

Já para a professora Rosilei Zani, da EMEF “Prof. Gilmeri Vasconcelos Pereira Ubricht”, de Itapira, o conteúdo aplicado pelo Projeto Escola vai de encontro aos valores defendidos pela escola, que tem como lema a “semeadura do amor”. “Já tive a oportunidade de trabalhar com o Projeto Escola numa outra unidade de ensino de Itapira e percebemos os ótimos resultados. Para a nossa escola então, tenho certeza do engajamento dos professores para aplicação do projeto, que também vem de encontro aos nossos valores de cidadania”.

Além desses novos professores, o Projeto Escola já capacitou 112 educadores para desenvolvimento do seu programa de educação no trânsito, envolveu outros 5.490 professores, atendeu 176 escolas públicas e trabalhou direta e indiretamente 135.556 alunos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui