O evento de premiação do Projeto Escola Autovias (OHL Brasil) reuniu mais de 500 pessoas na manhã da última quinta-feira (11/12), no Hotel JP (Rodovia Anhangüera – Quilômetro 307), em Ribeirão Preto (SP). A Escola Destaque 2008, Emeief “Professora Alzira Acra de Almeida”, recebeu um computador com impressora como prêmio. “Priorizar as relações sociais e humanas foram os fatores que nos levaram a ser escolhidos”, afirmou Ana Lúcia de Faria Bérgamo, coordenadora pedagógica da unidade.

As cinco escolas com Menção Honrosa receberam uma máquina fotográfica digital como prêmio: Emef “Professora Lourdes Pereira Massaro”, de Santa Rosa de Viterbo; Emef “João Nogueira”, de Cravinhos; Emeb “Anor Ravagnani”, de Franca; e Emei “Professora Djanira Pimentel Leandro”, extensão da Emeb “Frei Lauro de Carvalho Borges”, também de Franca. Todas as unidades participantes receberam troféu e certificado pelo reconhecimento do trabalho comprometido e de qualidade desenvolvido no ano.

Resultados positivos

Segundo Maria Rita Cândida dos Reis Fuzetto, coordenadora pedagógica da “Professora Lourdes Pereira Massaro”, ao longo do projeto os resultados foram positivos nas condutas dos alunos e no convívio social. “O projeto foi aceito com dinamismo. Realizamos tudo o que foi proposto”, disse. Para Tânia Scarabucci Cerqueira Gonzáles, diretora da “Anor Ravagnani”, o projeto atendeu as necessidades da escola. “Tinhamos um problema muito grande de mobilidade. Com o Projeto Escola percebemos que era nosso direito ter sinalização interna e em torno do colégio. Fomos atrás e conseguimos”, ressaltou.

Angelo Rizzieri de Souza Ferreira, diretor superintendente da Autovias, salientou a importância das atividades neste primeiro ano de Projeto Escola. “O trabalho de educação no trânsito para as crianças é a pérola dos projetos sociais da Autovias e da OHL Brasil”, destacou. Há 21 anos trabalhando no Programa Volvo de Segurança no Trânsito, o consultor J. Pedro Correa, afirmou que o Projeto Escola Autovias é um dos melhores do país devido à seriedade e ao comprometimento dos envolvidos. “A necessidade de reforçar o pilar da ética é essencial, pois envolve um trabalho de mobilização da sociedade”, argumentou.

Foi feita a entrega dos prêmios aos alunos vencedores do 1º Concurso de Cartão de Natal da Autovias. Na categoria de 1ª a 4ª séries, Igor Pereira Marinheiro, 10 anos, de Batatais, foi o vencedor. De 5ª a 8ª série, Jhonatan Rodrigo de Mello, 14 anos, levou o prêmio para Santa Rosa de Viterbo. E Patrícia Botavo, 15 anos, ganhou na categoria Ensino Médio. A idealizadora e coordenadora do Projeto Escola OHL Brasil, Maria José Finardi, disse que a ação guerreira dos professores é a ferramenta essencial para o desenvolvimento do trabalho. “Investir no fator humano e na solidariedade é fazer um diagnóstico e participar da solução dos problemas vivenciados no cotidiano”, enfatizou.