Trecho da BR-153 em Goiânia. Pista está conservada e PRF alerta para cuidados por parte de motoristas

Com a chegada de mais um feriado de final de ano, as polícias rodoviárias federal e estadual redobram a fiscalização e aumentam as recomendações para quem vai pegar a estrada essa semana.

A preocupação da PRF está nas boas condições das BR que acabam dando ao motorista confiança para aumentar a velocidade; além da distração e consumo de bebidas alcoólicas.

Rodovias como a BR-153, que atravessa o Estado, de Itumbiara a Porangatu, a BR-060, de Cuiabá até Brasília (DF), a BR-050, do Triângulo Mineiro a Brasília e BR-414, no trecho entre Anápolis e Pirenópolis, serão as mais movimentadas no feriado, o que necessitará de cuidado redobrado por parte dos motoristas.

No ano passado, as rodovias federais registraram, do dia 28 de dezembro a 2 de janeiro, 60 acidentes. Foram 70 feridos, 9 mortes, 71 carteiras apreendidas e 1.080 notificações. Neste ano, no entanto, mais um fator preocupa: haverá chuvas intensas no feriado. A previsão é que seja ininterrupta até 2 de janeiro.

“O motorista deve ficar ainda mais alerta nas pistas que estiverem em boas condições. Não correr, não ultrapassar em locais proibidos e redobrar a atenção com as chuvas”, afirma o inspetor Marcus Vinícius Rodrigues, da Assessoria de Comunicação da PRF. A orientação é que, após as festas, as pessoas evitem sair de imediato. “Descansar antes de dirigir é fundamental. Não sair em hipótese nenhuma após beber.”

O Batalhão da Polícia Militar Rodoviária Estadual aponta as GO-070 (em direção ao Vale do Araguaia) e GO-020 (saída para Caldas Novas) como as que terão maior demanda de veículos, se for seguido o mesmo parâmetro do feriado do Natal.

A PRE orienta maior cuidado na GO-070, no trecho próximo a Araguapaz (a 261 km de Goiânia). Nessa parte da rodovia há diversos trechos perigosos, com alta incidência de buracos, e é preciso atenção redobrada.