No seu caminho em direção à região Norte, iniciada logo depois dos primeiros passos da empresa, dados há pouco mais de 50 anos na cidade paulista de Araçatuba, a Expresso Araçatuba inaugurou neste mês a sua filial de número 40 no Brasil, localizada em Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

Com essa nova unidade, o grupo pretende consolidar sua posição de líder no transporte rodoviário e aéreo de cargas nas regiões Centro-Oeste e Norte.

Ano passado a Expresso Araçatuba teve um crescimento de cerca de 11% em seu faturamento, atingindo R$ 160 milhões. Para este ano, segundo seu diretor geral Oswaldo D. de Castro Júnior, a estimativa é de um crescimento de 19%, chegando aos R$ 160 milhões. Só para a nova filial de Belém, que vai cobrir todo o Estado do Pará e o Amapá, a previsão é de atingir um faturamento mensal de R$ 500 mil, ainda em 2004. “Confiamos que esse é um valor possível de ser atingido devido à força do comércio nesses estados”, afirmou o diretor comercial da empresa, Álvaro Fagundes Júnior.

A Expresso Araçatuba já vinha operando em Belém desde 2000, mas apenas como ponto de apoio à filial de Manaus. A partir de agora a filial da capital paraense passa a ser expedidora e recebedora de cargas, com um terminal maior, de 1.200 metros quadrados, com possibilidade de carregar e descarregar cinco carretas ao mesmo tempo, com uma capacidade para 140 carretas mensais. No total, a empresa conta hoje com 1.500 funcionários, 40 filiais nacionais, duas oficinas, capacidade para movimentar 2.500 toneladas por dia, carregando simultaneamente até 210 veículos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui