Minas Gerais – O embarcador Dario César Oliveira Melo, 26 anos, morreu ontem à tarde porque não usava cinto de segurança. Ele se envolveu em um acidente por volta de 16h, na avenida Filomena Cartafina, a 16km de Uberaba.

Dario conduzia o veículo Fiat Strada, placas HCC-0935/Uberlândia, no sentido do Distrito Industrial 3, onde trabalhava na empresa Cocal Transportes há cerca de 11 meses. Chovia bastante. Por motivo ignorado, a vítima perdeu o controle do veículo, que atravessou a pista, passando por cima da ilha, de onde atravessou para a contramão e saiu pelo lado esquerdo, “voando” contra um barranco. Em seguida, o carro tombou, parando de rodas para cima. Da ilha até o ponto de impacto, o Fiat Strada percorreu 63 metros.

O Corpo de Bombeiros enviou para o local uma guarnição de resgate e outra de salvamento, com sete militares comandados pelo aspirante Marcos. Os bombeiros precisaram utilizar o aparelho desencarcerador para retirar a vítima. Assim que a porta foi aberta, Dario caiu para o lado de fora, já sem vida, deixando claro que ele não usava cinto de segurança.

O embarcador teve o crânio todo fraturado. O perito Marcelo Maluf realizou os levantamentos necessários e o rabecão transportou o corpo para o Instituto Médico Legal. A Polícia Militar Rodoviária só chegou ao local quase duas horas e meia depois, por volta de 18h30.