Principais ataques a turistas nesta temporada foram contra argentinos

A força-tarefa envolvendo Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal para coibir a violência e os assaltos na BR-290 pode ser desativada na próxima quinta, dia 11. O trabalho, concentrado num trecho de 150 quilômetros da BR-290 entre São Gabriel e Pantano Grande, foi coordenado pelo delegado Pedro Carlos Rodrigues, do Departamento de Polícia do Interior.

Os principais ataques a turistas nesta temporada foram contra argentinos, ocorridos na BR-290, entre dezembro de 2003 e janeiro deste ano. Em um deles, duas famílias tiveram roubados jóias, documentos, roupas e US$ 3,5 mil. Segundo Rodrigues, a operação encerrará na próxima quinta, dia 11. Até lá, uma reunião da cúpula da Secretaria da Justiça e da Segurança (SJS) decidirá ou pela continuidade da força-tarefa ou pela volta ao policiamento regionalizado.

Além de atacar estrangeiros, os ladrões também estão voltando suas ações contra turistas brasileiros. Na sexta-feira, 20 de fevereiro, cinco ladrões assaltaram um ônibus da linha Porto Alegre-Capão da Canoa. Dois passageiros foram agredidos pelos assaltantes, que saquearam as vítimas.

Conforme a SJS, não há previsão de ampliar a força-tarefa usada na BR-290 para outras áreas do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui