O governador Marcelo Miranda assinará duas ordens de serviço autorizando a ampliação da pavimentação asfáltica da malha rodoviária do Estado. Serão beneficiados os municípios de Formoso do Araguaia, Pindorama e Silvanópolis, com os trechos da TO-181, que liga a cidade de Formoso do Araguaia à Fundação Bradesco, e o trecho da TO-262, que liga Silvanópolis a Pindorama.

Nesta sexta-feira, 26, às 14h, o governador estará no município de Formoso do Araguaia autorizando o início da obra. E na próxima segunda-feira, 29, às 8h, será assinada pelo governador, na cidade de Pindorama, a ordem de serviço do trecho Pindorama/Silvanópolis.

O Tocantins, que atualmente conta como uma malha viária asfaltada de 4.463 quilômetros e outros cerca de 1.087 em pavimentação, ganha, com as duas obras, mais 110 quilômetros em estruturação da malha viária.

Com quase duas décadas de existência, o Tocantins demonstra forte preocupação com a melhoria da infra-estrutura viária no Estado, fato que colocou o Tocantins como um dos destaques na edição de 2006 do “Guia Quatro Rodas”. Quatro unidades federativas brasileiras que não apresentaram trechos de rodovias precários, estaduais ou federais foram citadas: Tocantins, Amapá, Espírito Santo e Distrito Federal.

Dados técnicos

O trecho de 26,57 quilômetros, entre Formoso do Araguaia e a Fundação Bradesco, receberá obra de terraplanagem e pavimentação asfáltica construída com recursos oriundos do governo do Estado, com valor previsto de R$ 14.932.998,89.

A obra que liga Silvanópolis a Pindorama terá 83,49 quilômetros de extensão, e também utilizará recursos estaduais, cujo valor previsto é de R$ 50.866.499,00.

A filosofia do governo do Tocantins é integrar todos os municípios com acesso pavimentado.