Tão logo diminuiu a quantidade de chuvas que perdurou durante dois meses em todo o estado, o governo anunciou que a partir da próxima segunda-feira (21), dará início à operação tapa buracos , nas principais rodovias turísticas sergipanas.

A decisão foi tomada ontem, quinta-feira (17), após uma reunião entre os secretários de Turismo, Lula Pedreira, e o da Infra-Estrutura, Luiz Durval, com a participação da equipe técnica do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

De acordo com Lula Pedreira, um dos principais trechos a ser recuperado de imediato pelo governo do Estado, é a rodovia que liga o município de Itabaiana a Canindé do São Francisco, no alto sertão sergipano, principal elo de ligação da rota turística “Aracaju-Xingó”.

Outras duas importantes rodovias do turismo de Sergipe também estão situadas em pontos extremos do estado e que vão receber os benefícios de imediato. Uma que liga a Linha Verde ao Pontal (região Sul do Estado) e a outra a interligação entre Pacatuba e Brejo Grande (litoral Norte), elo para a Foz do São Francisco.

“Não tivemos condições de atuar anteriormente face a grande quantidade de chuvas que caiu em todo o estado, mas agora vamos executar o tapa-buracos para, posteriormente, recuperar toda a malha turística sergipana”, garante o secretário de Turismo.

Desmentido – Uma notícia veiculada num órgão de imprensa sergipana, ontem, preocupou o secretário Lula Pedreira, dando conta de que a principal operadora de turismo do Brasil – a CVC – iria cancelar a comercialização de pacotes turísticos para o Cânion de Xingó, por conta exatamente dos buracos existentes na rodovia que liga Aracaju a Canindé do São Francisco.

Através de contato telefônico mantido com o diretor da operadora da CVC em São Paulo, Luiz Fernando, o secretário de Turismo de Sergipe apurou que não existe qualquer fundamento na notícia, bem como por parte da Nativa Receptivo, que comercializa os pacotes com destino ao Cânion em Sergipe.

“Nem a CVC vai retirar de suas prateleiras o produto Cânion de Xingó, tampouco a Nativa Receptivo vai deixar de vender pacotes. Estou perplexo diante de tanta desinformação”, argumenta Lula Pedreira, para quem “uma notícia desta só pode ter o objetivo de prejudicar o turismo sergipano”.

O secretário afirmou que a rota Aracaju-Xingó já se fez um destino consolidado, atraindo semanalmente centenas de turistas vindos em vôos fretados, especialmente de São Paulo e Minas Gerais, acreditando que com as obras de recuperação, a partir da próxima segunda-feira, e o término da construção do acesso de Canindé ao Cânion, até o final do ano, o governo do estado impulsionará ainda mais o turismo no sertão sergipano, gerando emprego e renda.